Regras

Id. Status Categoria Grupo Mensagem Detalhes
xml:1 Crase à + substantivo masculino Não ocorre crase antes de palavras masculinas.
Mensagem longa:O sinal indicativo de crase indica que temos "a" + "a" expressos em um só "à". Somente ocorre crase quando há encontro de preposição "a" com artigo ou pronome demonstrativo "a"/"as". Portanto, não ocorre crase antes de palavras masculinas.
Exemplos:
    • incorreto: Refiro-me à trabalho remunerado.
    • correto: Refiro-me ao trabalho remunerado. Refiro-me a trabalho remunerado.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:2 Crase à + substativo masculino Não ocorre crase antes de palavras masculinas.
Mensagem longa:Não haverá crase antes de palavras masculinas. O sinal indicativo de crase indica que temos "a" + "a" expressos em um só "à". Somente ocorre crase quando há encontro de preposição "a" com artigo ou pronome demonstrativo "a"/"as".
Exemplos:
    • incorreto: Refiro-me à trabalhos remunerados.
    • correto: Refiro-me aos trabalhos remunerados. Refiro-me a trabalhos remunerados.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:3 Crase à + substativo feminino plural Não há crase neste caso, somente no plural ("às").
Mensagem longa:O sinal indicativo de crase indica que temos "a" + "a" expressos em um só "à". Somente ocorre crase quando há encontro de preposição "a" com artigo ou pronome demonstrativo "a"/"as".
Exemplos:
    • incorreto: Refiro-me à reuniões extraordinárias.
    • correto: Refiro-me às reuniões extraordinárias. Refiro-me a reuniões extraordinárias.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 1
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 0.5
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 0.6666666666666666 |
xml:4 Crase à + verbo Não acontece crase antes de verbo.
Mensagem longa:Não acontece crase antes de verbo. O sinal indicativo de crase indica que temos "a" + "a" expressos em um só "à". Somente ocorre crase quando há encontro de preposição "a" com artigo ou pronome demonstrativo "a"/"as" (antes de verbo não há artigo nem pronome demonstrativo "a" ou "as". O "a" antes de verbo será apenas preposição, portanto sem crase).
Exemplos:
    • incorreto: Fomos levados à crer.
    • correto: Fomos levados a crer.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:5 Crase a + indicador de horas Ocorre crase em expressões indicativas de horas.
Mensagem longa:Ocorre crase em expressões indicativas de horas.
Exemplos:
    • incorreto: A uma hora estaremos partindo.
    • correto: À uma hora estaremos partindo.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 1
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 0.5
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 0.6666666666666666 |
xml:6 Crase a + indicador de horas Ocorre crase em expressões indicativas de horas.
Mensagem longa:Ocorre crase em expressões indicativas de horas.
Exemplos:
    • incorreto: As duas horas estaremos partindo.
    • correto: Às duas horas estaremos partindo.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:7 Crase a + lado de Ocorre crase em expressões como esta.
Mensagem longa:Ocorre crase em expressões indicativas de modo, tempo, lugar etc.
Exemplos:
    • incorreto: Os ônibus estacionaram a direita do pátio.
    • correto: Os ônibus estacionaram à direita do pátio.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:8 Crase a + lado de Ocorre crase em expressões como esta.
Mensagem longa:Ocorre crase em expressões indicativas de modo, tempo, lugar etc.
Exemplos:
    • incorreto: Os ônibus estacionaram a esquerda do pátio.
    • correto: Os ônibus estacionaram à esquerda do pátio.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:9 Crase em relação a + substantivo feminino "Em relação" rege a preposição "a", logo há crase aqui.
Mensagem longa:A expressão "em relação" rege a preposição "a". Se for seguida de substantivo feminino singular determinado, haverá crase.
Exemplos:
    • incorreto: Em relação a segurança dos menores.
    • correto: Em relação à segurança dos menores.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 0
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:10 Crase em relação a + substantivo feminino "Em relação" rege a preposição "a", logo há crase aqui.
Mensagem longa:A expressão "em relação" rege a preposição "a". Se for seguida de substantivo feminino plural determinado, haverá crase.
Exemplos:
    • incorreto: Em relação as atividades programadas.
    • correto: Em relação às atividades programadas.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 0
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:11 Crase com relação a "Com relação" rege a preposição "a", logo há crase aqui.
Mensagem longa:A expressão "com relação" rege a preposição "a". Se for seguida de substantivo feminino singular, haverá crase.
Exemplos:
    • incorreto: Com relação a segurança dos menores,
    • correto: Com relação à segurança dos menores,
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:12 Crase com relação a "Com relação" rege a preposição "a", logo há crase aqui.
Mensagem longa:A expressão "com relação" rege a preposição "a". Se for seguida de substantivo feminino plural determinado, haverá crase.
Exemplos:
    • incorreto: Com relação as atividades programadas.
    • correto: Com relação às atividades programadas.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:13 Crase devido a "Devido" rege a preposição "a", logo há crase aqui.
Mensagem longa:"Devido" rege a preposição "a". Se for seguido de substantivo feminino singular determinado, haverá crase.
Exemplos:
    • incorreto: Devido a cobrança injusta.
    • correto: Devido à cobrança injusta.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:14 Crase devido a "Devido" rege a preposição "a", logo há crase aqui.
Mensagem longa:"devido" rege a preposição "a". Se for seguido de substantivo feminino plural determinado, haverá crase.
Exemplos:
    • incorreto: Devido as cobranças injustas.
    • correto: Devido às cobranças injustas.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:15 Crase à + pronomes de tratamento Pronomes de tratamento não admitem artigo, logo não há crase aqui.
Mensagem longa:Pronomes de tratamento não admitem artigo, portanto não haverá crase antes deles. A única exceção é o pronome "senhora", que admite artigo e, se houver também preposição, haverá crase.
Exemplos:
    • incorreto: Enviei os documentos à você.
    • correto: Enviei os documentos a você.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:16 Crase à + pronomes de tratamento Pronomes de tratamento não admitem artigo, logo não há crase aqui.
Mensagem longa:Pronomes de tratamento não admitem artigo, portanto não haverá crase antes deles. A única exceção é o pronome "senhora", que admite artigo e, se houver também preposição, haverá crase.
Exemplos:
    • incorreto: Enviei os documentos à Vossa Excelência.
    • correto: Enviei os documentos a Vossa Excelência.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 1
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:17 Concordância adjetivo-substantivo substantivo + adjetivo O adjetivo concorda com o substantivo a que se refere.
Mensagem longa:O adjetivo concorda em gênero (masculino ou feminino) e número (singular ou plural) com o substantivo a que se refere.
Exemplos:
    • incorreto: Os casacos bonito ficaram prontos.
    • correto: Os casacos bonitos ficaram prontos.
    • incorreto: O casaco feios ficou pronto.
    • correto: O casaco feio ficou pronto.
    • incorreto: As faces rosada das crianças.
    • correto: As faces rosadas das crianças.
    • incorreto: A face rosadas da criança.
    • correto: A face rosada da criança.
    • incorreto: Os casacos bonito ficaram prontos.
    • correto: Os casacos bonitos ficaram prontos.
    • incorreto: O casaco feios ficou pronto.
    • correto: O casaco feio ficou pronto.
    • incorreto: As faces rosada das crianças.
    • correto: As faces rosadas das crianças.
    • incorreto: A face rosadas da criança.
    • correto: A face rosada da criança.
    • incorreto: Os casacos bonito ficaram prontos.
    • correto: Os casacos bonitos ficaram prontos.
    • incorreto: O casaco feios ficou pronto.
    • correto: O casaco feio ficou pronto.
    • incorreto: As faces rosada das crianças.
    • correto: As faces rosadas das crianças.
    • incorreto: A face rosadas da criança.
    • correto: A face rosada da criança.
    • incorreto: Os casacos bonito ficaram prontos.
    • correto: Os casacos bonitos ficaram prontos.
    • incorreto: O casaco feios ficou pronto.
    • correto: O casaco feio ficou pronto.
    • incorreto: As faces rosada das crianças.
    • correto: As faces rosadas das crianças.
    • incorreto: A face rosadas da criança.
    • correto: A face rosada da criança.
Estatísticas:
  • | VP: 4
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:18 Concordância adjetivo-substantivo substantivo + adjetivo O adjetivo concorda com o substantivo a que se refere.
Mensagem longa:O adjetivo concorda em gênero (masculino ou feminino) e número (singular ou plural) com o substantivo a que se refere.
Exemplos:
    • incorreto: O casaco feios ficou pronto.
    • correto: O casaco feio ficou pronto.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 1
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:19 Concordância adjetivo-substantivo substantivo + adjetivo O adjetivo concorda com o substantivo a que se refere.
Mensagem longa:O adjetivo concorda em gênero (masculino ou feminino) e número (singular ou plural) com o substantivo a que se refere.
Exemplos:
    • incorreto: As faces rosada das crianças.
    • correto: As faces rosadas das crianças.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 1
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:20 Concordância adjetivo-substantivo substantivo + adjetivo O adjetivo concorda com o substantivo a que se refere.
Mensagem longa:O adjetivo concorda em gênero (masculino ou feminino) e número (singular ou plural) com o substantivo a que se refere.
Exemplos:
    • incorreto: A face rosadas da criança.
    • correto: A face rosada da criança.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 1
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:21 Concordância adjetivo-substantivo adjetivo + substantivo O adjetivo concorda com o substantivo a que se refere.
Mensagem longa:O adjetivo concorda em gênero (masculino ou feminino) e número (singular ou plural) com o substantivo a que se refere.
Exemplos:
    • incorreto: O belo carros ficou pronto.
    • correto: O belo carro ficou pronto.
    • incorreto: Os belos carro ficaram prontos.
    • correto: Os belos carros ficaram prontos.
    • incorreto: As bonitas face das crianças.
    • correto: As bonitas faces das crianças.
    • incorreto: As bonita faces das crianças.
    • correto: As bonitas faces das crianças.
    • incorreto: O belo carros ficou pronto.
    • correto: O belo carro ficou pronto.
    • incorreto: Os belos carro ficaram prontos.
    • correto: Os belos carros ficaram prontos.
    • incorreto: As bonitas face das crianças.
    • correto: As bonitas faces das crianças.
    • incorreto: As bonita faces das crianças.
    • correto: As bonitas faces das crianças.
    • incorreto: O belo carros ficou pronto.
    • correto: O belo carro ficou pronto.
    • incorreto: Os belos carro ficaram prontos.
    • correto: Os belos carros ficaram prontos.
    • incorreto: As bonitas face das crianças.
    • correto: As bonitas faces das crianças.
    • incorreto: As bonita faces das crianças.
    • correto: As bonitas faces das crianças.
    • incorreto: O belo carros ficou pronto.
    • correto: O belo carro ficou pronto.
    • incorreto: Os belos carro ficaram prontos.
    • correto: Os belos carros ficaram prontos.
    • incorreto: As bonitas face das crianças.
    • correto: As bonitas faces das crianças.
    • incorreto: As bonita faces das crianças.
    • correto: As bonitas faces das crianças.
Estatísticas:
  • | VP: 4
  • | FP: 2
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 0.6666666666666666
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 0.8 |
xml:22 Concordância adjetivo-substantivo adjetivo + substantivo O adjetivo concorda com o substantivo a que se refere.
Mensagem longa:O adjetivo concorda em gênero (masculino ou feminino) e número (singular ou plural) com o substantivo a que se refere.
Exemplos:
    • incorreto: Os belos carro ficaram prontos.
    • correto: Os belos carros ficaram prontos.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 2
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:23 Concordância adjetivo-substantivo adjetivo + substantivo O adjetivo concorda com o substantivo a que se refere.
Mensagem longa:O adjetivo concorda em gênero (masculino ou feminino) e número (singular ou plural) com o substantivo a que se refere.
Exemplos:
    • incorreto: As bonita faces das crianças.
    • correto: As bonitas faces das crianças.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 1
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:24 Concordância adjetivo-substantivo adjetivo + substantivo O adjetivo concorda com o substantivo a que se refere.
Mensagem longa:O adjetivo concorda em gênero (masculino ou feminino) e número (singular ou plural) com o substantivo a que se refere.
Exemplos:
    • incorreto: As bonitas face das crianças.
    • correto: As bonitas faces das crianças.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 1
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:25 Em anexo em anexo A expressão "em anexo" é invariável.
Mensagem longa:A expressão "em anexo" é invariável.
Exemplos:
    • incorreto: Seguem em anexos os documentos solicitados.
    • correto: Seguem em anexo os documentos solicitados.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:26 Em anexo em anexo A expressão "em anexo" é invariável.
Mensagem longa:A expressão "em anexo" é invariável.
Exemplos:
    • incorreto: Segue em anexa a carta de apresentação.
    • correto: Segue em anexo a carta de apresentação.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:27 Em anexo em anexo A expressão "em anexo" é invariável.
Mensagem longa:A expressão "em anexo" é invariável.
Exemplos:
    • incorreto: Seguem em anexas as cartas de apresentação.
    • correto: Seguem em anexo as cartas de apresentação.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:28 Em anexo anexo como adjetivo O adjetivo "anexo" concorda com o substantivo a que se refere.
Mensagem longa:O adjetivo "anexo" é variável, portanto concorda com o substantivo a que se refere.
Exemplos:
    • incorreto: Seguem anexos o documento solicitado.
    • correto: Seguem anexos os documentos solicitados.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 0
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:29 Em anexo anexo como adjetivo O adjetivo "anexo" concorda com o substantivo a que se refere.
Mensagem longa:O adjetivo "anexo" é variável, portanto concorda com o substantivo a que se refere.
Exemplos:
    • incorreto: Seguem anexo os documentos solicitados.
    • correto: Seguem anexos os documentos solicitados.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 0
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:30 Em anexo anexo como adjetivo .
Mensagem longa:O adjetivo "anexo" é variável, portanto concorda com o substantivo a que se refere.
Exemplos:
    • incorreto: Seguem anexa as cartas de apresentação.
    • correto: Seguem anexas as cartas de apresentação.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:31 Em anexo anexo como adjetivo .
Mensagem longa:O adjetivo "anexo" é variável, portanto concorda com o substantivo a que se refere.
Exemplos:
    • incorreto: Seguem anexas os documentos solicitados.
    • correto: Seguem anexos os documentos solicitados.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 0
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:32 Em anexo anexo como adjetivo O adjetivo "anexo" concorda com o substantivo a que se refere.
Mensagem longa:O adjetivo "anexo" é variável, portanto concorda com o substantivo a que se refere.
Exemplos:
    • incorreto: Seguem anexas a carta de representação.
    • correto: Seguem anexas as cartas de representação.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 0
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:33 Em anexo anexo como adjetivo O adjetivo "anexo" concorda com o substantivo a que se refere.
Mensagem longa:O adjetivo "anexo" é variável, portanto concorda com o substantivo a que se refere.
Exemplos:
    • incorreto: Segue anexos o documento solicitado.
    • correto: Segue anexo o documento solicitado.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:34 Em anexo anexo como adjetivo O adjetivo "anexo" concorda com o substantivo a que se refere.
Mensagem longa:O adjetivo "anexo" é variável, portanto concorda com o substantivo a que se refere.
Exemplos:
    • incorreto: Segue anexo os documentos solicitados.
    • correto: Seguem anexos os documentos solicitados.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 0
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:35 Em anexo anexo como adjetivo O adjetivo "anexo" concorda com o substantivo a que se refere.
Mensagem longa:O adjetivo "anexo" é variável, portanto concorda com o substantivo a que se refere.
Exemplos:
    • incorreto: Segue anexa as cartas de apresentação.
    • correto: Seguem anexas as cartas de apresentação.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:36 Em anexo anexo como adjetivo O adjetivo "anexo" concorda com o substantivo a que se refere.
Mensagem longa:O adjetivo "anexo" é variável, portanto concorda com o substantivo a que se refere.
Exemplos:
    • incorreto: Segue anexas os documentos solicitados.
    • correto: Seguem anexos os documentos solicitados.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 0
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:37 Em anexo anexo como adjetivo O adjetivo "anexo" concorda com o substantivo a que se refere.
Mensagem longa:O adjetivo "anexo" é variável, portanto concorda com o substantivo a que se refere.
Exemplos:
    • incorreto: Segue anexas a carta de apresentação.
    • correto: Segue anexa a carta de apresentação.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 0
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:38 Uso de meio meio no sentido de "um pouco" A palavra "meio" usada no sentido de "um pouco" (advérbio) é invariável.
Mensagem longa:A palavra "meio" usada no sentido de "um pouco" é advérbio, portanto invariável. Exceção: meia/meias pode ser substantivo. Exemplo: Minhas meias azuis estão manchadas.
Exemplos:
    • incorreto: As conclusões estão meias confusas.
    • correto: As conclusões estão meio confusas.
    • incorreto: A conclusão está meia confusa.
    • correto: A conclusão está meio confusa.
    • incorreto: As conclusões estão meias confusas.
    • correto: As conclusões estão meio confusas.
    • incorreto: A conclusão está meia confusa.
    • correto: A conclusão está meio confusa.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:39 Uso de meio meio no sentido de "um pouco" A palavra "meio" usada no sentido de "um pouco" (advérbio) é invariável.
Mensagem longa:A palavra "meio" usada no sentido de "um pouco" é advérbio, portanto invariável.
Exemplos:
    • incorreto: As dificuldades financeiras deixam papai e mamãe meios tristes.
    • correto: As dificuldades financeiras deixam papai e mamãe meio tristes.
    • incorreto: Os testes estão meios fracos.
    • correto: Os testes estão meio fracos.
    • incorreto: As dificuldades financeiras deixam papai e mamãe meios tristes.
    • correto: As dificuldades financeiras deixam papai e mamãe meio tristes.
    • incorreto: Os testes estão meios fracos.
    • correto: Os testes estão meio fracos.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:40 Uso de meio meio como adjetivo "Meio" usado no sentido de "metade" (numeral) concorda com o substantivo.
Mensagem longa:A palavra "meio" usada no sentido de metade é adjetivo numeral fracionário, portanto concorda com o substantivo a que se refere.
Exemplos:
    • incorreto: Consumiram apenas meio garrafa de vinho.
    • correto: Consumiram apenas meia garrafa de vinho.
    • incorreto: Compramos meio porção de queijo.
    • correto: Compramos meia porção de queijo.
    • incorreto: Consumiram apenas meio garrafa de vinho.
    • correto: Consumiram apenas meia garrafa de vinho.
    • incorreto: Compramos meio porção de queijo.
    • correto: Compramos meia porção de queijo.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:41 Uso de meio meio como adjetivo "Meio" usado no sentido de "metade" (numeral) concorda com o substantivo.
Mensagem longa:A palavra "meio" usada no sentido de metade é adjetivo numeral fracionário, portanto concorda com o substantivo a que se refere.
Exemplos:
    • incorreto: São quinze meio litros de óleo.
    • correto: São quinze meios litros de óleo.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:42 Verbo fazer fazer indicando tempo "Fazer", quando indica tempo, deve permanecer no singular.
Mensagem longa:O verbo fazer, quando indica tempo, é impessoal e deve permanecer sempre no singular.
Exemplos:
    • incorreto: Já fazem dias que não o vejo.
    • correto: Já faz dias que não o vejo.
    • incorreto: Já fizeram semanas que não o vejo.
    • correto: Já fez semanas que não o vejo.
    • incorreto: Já farão anos que eu não a verei.
    • correto: Já fará anos que eu não a verei.
    • incorreto: Já fazem dias que não o vejo.
    • correto: Já faz dias que não o vejo.
    • incorreto: Já fizeram semanas que não o vejo.
    • correto: Já fez semanas que não o vejo.
    • incorreto: Já farão anos que eu não a verei.
    • correto: Já fará anos que eu não a verei.
    • incorreto: Já fazem dias que não o vejo.
    • correto: Já faz dias que não o vejo.
    • incorreto: Já fizeram semanas que não o vejo.
    • correto: Já fez semanas que não o vejo.
    • incorreto: Já farão anos que eu não a verei.
    • correto: Já fará anos que eu não a verei.
Estatísticas:
  • | VP: 3
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:43 Verbo fazer fazer indicando tempo "Fazer", quando indica tempo, deve permanecer no singular.
Mensagem longa:O verbo fazer, quando indica tempo, é impessoal e deve permanecer sempre no singular.
Exemplos:
    • incorreto: Já fazem três dias que não o vejo.
    • correto: Já faz três dias que não o vejo.
    • incorreto: Já fizeram duas semanas que não o vejo.
    • correto: Já fez duas semanas que não o vejo.
    • incorreto: Já farão nove anos que eu não a verei.
    • correto: Já fará nove anos que eu não a verei.
    • incorreto: Já fazem três dias que não o vejo.
    • correto: Já faz três dias que não o vejo.
    • incorreto: Já fizeram duas semanas que não o vejo.
    • correto: Já fez duas semanas que não o vejo.
    • incorreto: Já farão nove anos que eu não a verei.
    • correto: Já fará nove anos que eu não a verei.
    • incorreto: Já fazem três dias que não o vejo.
    • correto: Já faz três dias que não o vejo.
    • incorreto: Já fizeram duas semanas que não o vejo.
    • correto: Já fez duas semanas que não o vejo.
    • incorreto: Já farão nove anos que eu não a verei.
    • correto: Já fará nove anos que eu não a verei.
Estatísticas:
  • | VP: 3
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:44 Verbo fazer verbo auxiliar + fazer indicando tempo "Fazer", quando indica tempo, deve permanecer no singular.
Mensagem longa:O verbo fazer, quando indica tempo, é impessoal e deve permanecer sempre no singular.
Exemplos:
    • incorreto: Já vão fazer três semanas que não o vejo.
    • correto: Já vai fazer três semanas que não o vejo.
    • incorreto: Já iam fazer seis semanas que não o vejo.
    • correto: Já ia fazer seis semanas que não o vejo.
    • incorreto: Já podem fazer duas semanas que não o vejo.
    • correto: Já pode fazer duas semanas que não o vejo.
    • incorreto: Já vão fazer três semanas que não o vejo.
    • correto: Já vai fazer três semanas que não o vejo.
    • incorreto: Já iam fazer seis semanas que não o vejo.
    • correto: Já ia fazer seis semanas que não o vejo.
    • incorreto: Já podem fazer duas semanas que não o vejo.
    • correto: Já pode fazer duas semanas que não o vejo.
    • incorreto: Já vão fazer três semanas que não o vejo.
    • correto: Já vai fazer três semanas que não o vejo.
    • incorreto: Já iam fazer seis semanas que não o vejo.
    • correto: Já ia fazer seis semanas que não o vejo.
    • incorreto: Já podem fazer duas semanas que não o vejo.
    • correto: Já pode fazer duas semanas que não o vejo.
Estatísticas:
  • | VP: 3
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:45 Verbo fazer verbo auxiliar + fazer indicando tempo "Fazer", quando indica tempo, deve permanecer no singular.
Mensagem longa:O verbo fazer, quando indica tempo, é impessoal e deve permanecer sempre no singular.
Exemplos:
    • incorreto: Já vão fazer semanas que não o vejo.
    • correto: Já vai fazer semanas que não o vejo.
    • incorreto: Já iam fazer semanas que não o vejo.
    • correto: Já ia fazer semanas que não o vejo.
    • incorreto: Já podem fazer semanas que não o vejo.
    • correto: Já pode fazer semanas que não o vejo.
    • incorreto: Já vão fazer semanas que não o vejo.
    • correto: Já vai fazer semanas que não o vejo.
    • incorreto: Já iam fazer semanas que não o vejo.
    • correto: Já ia fazer semanas que não o vejo.
    • incorreto: Já podem fazer semanas que não o vejo.
    • correto: Já pode fazer semanas que não o vejo.
    • incorreto: Já vão fazer semanas que não o vejo.
    • correto: Já vai fazer semanas que não o vejo.
    • incorreto: Já iam fazer semanas que não o vejo.
    • correto: Já ia fazer semanas que não o vejo.
    • incorreto: Já podem fazer semanas que não o vejo.
    • correto: Já pode fazer semanas que não o vejo.
Estatísticas:
  • | VP: 3
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:46 Verbo haver haver + denotação de tempo Opte pelo verbo "haver", no singular, para indicar tempo decorrido.
Mensagem longa:Na escolha entre "a" e "há", sempre que indicar tempo decorrido opte por "há", que corresponde ao verbo haver, em forma impessoal, sempre no singular.
Exemplos:
    • incorreto: A dez anos não nos vemos.
    • correto: Há dez anos não nos vemos.
    • incorreto: Suponho que a dez anos ocorreu um terremoto.
    • correto: Suponho que há dez anos ocorreu um terremoto.
    • incorreto: A dez anos não nos vemos.
    • correto: Há dez anos não nos vemos.
    • incorreto: Suponho que a dez anos ocorreu um terremoto.
    • correto: Suponho que há dez anos ocorreu um terremoto.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:47 Verbo haver haver + denotação de tempo Opte pelo verbo "haver", no singular, para indicar tempo decorrido.
Mensagem longa:Na escolha entre "a" e "há", sempre que indicar tempo decorrido opte por "há", que corresponde ao verbo haver, em forma impessoal, sempre no singular.
Exemplos:
    • incorreto: A anos não nos vemos.
    • correto: Há anos não nos vemos.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:48 Verbo haver haver + denotação de tempo As formas do verbo "haver" ficam no singular quando indicam tempo decorrido.
Mensagem longa:As formas do verbo "haver" ficam no singular quando indicam tempo decorrido.
Exemplos:
    • incorreto: Haviam dois anos que nos vimos pela última vez.
    • correto: Havia dois anos que nos vimos pela última vez.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:49 Verbo haver haver + denotação de tempo As formas do verbo "haver" ficam no singular quando indicam tempo decorrido.
Mensagem longa:As formas do verbo "haver" ficam no singular quando indicam tempo decorrido.
Exemplos:
    • incorreto: Haviam anos que nos vimos pela última vez.
    • correto: Havia anos que nos vimos pela última vez.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:50 Verbo haver haver no sentido de existir "Haver" no sentido de existir é usado na 3a. pessoa do singular.
Mensagem longa:O verbo haver no sentido de existir é impessoal. Permanece sempre na terceira pessoa do singular.
Exemplos:
    • incorreto: Haviam ratos na cozinha.
    • correto: Havia ratos na cozinha.
    • incorreto: Haviam nuvens escuras no céu.
    • correto: Havia nuvens escuras no céu.
    • incorreto: Haverão ratos na cozinha.
    • correto: Haverá ratos na cozinha.
    • incorreto: Haverão nuvens escuras no céu.
    • correto: Haverá nuvens escuras no céu.
    • incorreto: Haviam ratos na cozinha.
    • correto: Havia ratos na cozinha.
    • incorreto: Haviam nuvens escuras no céu.
    • correto: Havia nuvens escuras no céu.
    • incorreto: Haverão ratos na cozinha.
    • correto: Haverá ratos na cozinha.
    • incorreto: Haverão nuvens escuras no céu.
    • correto: Haverá nuvens escuras no céu.
    • incorreto: Haviam ratos na cozinha.
    • correto: Havia ratos na cozinha.
    • incorreto: Haviam nuvens escuras no céu.
    • correto: Havia nuvens escuras no céu.
    • incorreto: Haverão ratos na cozinha.
    • correto: Haverá ratos na cozinha.
    • incorreto: Haverão nuvens escuras no céu.
    • correto: Haverá nuvens escuras no céu.
    • incorreto: Haviam ratos na cozinha.
    • correto: Havia ratos na cozinha.
    • incorreto: Haviam nuvens escuras no céu.
    • correto: Havia nuvens escuras no céu.
    • incorreto: Haverão ratos na cozinha.
    • correto: Haverá ratos na cozinha.
    • incorreto: Haverão nuvens escuras no céu.
    • correto: Haverá nuvens escuras no céu.
Estatísticas:
  • | VP: 4
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:51 Verbo haver verbo auxiliar + haver no sentido de existir "Haver" (existir), precedido de verbo aux., é usado na 3a. do singular.
Mensagem longa:Verbo auxiliar + "haver" no sentido de existir é impessoal. Permanece sempre na terceira pessoa do singular.
Exemplos:
    • incorreto: Devem haver ratos na cozinha.
    • correto: Deve haver ratos na cozinha.
    • incorreto: Podem haver nuvens escuras no céu.
    • correto: Pode haver nuvens escuras no céu.
    • incorreto: Devem haver ratos na cozinha.
    • correto: Deve haver ratos na cozinha.
    • incorreto: Podem haver nuvens escuras no céu.
    • correto: Pode haver nuvens escuras no céu.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:52 Emprego do mim e ti mim + verbo no infinitivo Use "eu" ao invés de "mim" como sujeito de verbo no infinitivo.
Mensagem longa:Se o pronome "mim" é sujeito do verbo no infinitivo, o pronome a ser usado é "eu".
Exemplos:
    • incorreto: Para mim estudar, silêncio é necessário.
    • correto: Para eu estudar, silêncio é necessário.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:53 Emprego do mim e ti eu regido por preposição O pronome "eu" não pode ser regido de preposição.
Mensagem longa:O pronome "eu" não pode ser regido de preposição. (Neste caso a preposição é "entre".)
Exemplos:
    • incorreto: Entre ele e eu só há discórdia.
    • correto: Entre ele e mim só há discórdia. Entre mim e ele só há discórdia.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:54 Emprego do mim e ti eu regido por preposição O pronome "eu" não pode ser regido de preposição.
Mensagem longa:O pronome "eu" não pode ser regido de preposição. (Neste caso a preposição é "entre".)
Exemplos:
    • incorreto: Entre eu e ele só há discórdia.
    • correto: Entre ele e mim só há discórdia. Entre mim e ele só há discórdia.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:55 Emprego do mim e ti eu regido por preposição O pronome "eu" não pode ser regido de preposição.
Mensagem longa:O pronome "eu" não pode ser regido de preposição. (Neste caso a preposição é "entre".)
Exemplos:
    • incorreto: Entre ele e tu só há discórdia.
    • correto: Entre ele e ti só há discórdia. Entre ti e ele só há discórdia.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:56 Emprego do mim e ti eu regido por preposição O pronome "eu" não pode ser regido de preposição.
Mensagem longa:O pronome "eu" não pode ser regido de preposição. (Neste caso a preposição é "entre".)
Exemplos:
    • incorreto: Entre tu e ele só há discórdia.
    • correto: Entre ele e ti só há discórdia. Entre ti e ele só há discórdia.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:57 Emprego de mau e mal uso de mau O contrário de "bem" é "mal", e o de "bom" é "mau".
Mensagem longa:Mau é adjetivo (o feminino é "má" e o plural é "maus") e mal é advérbio (forma invariável). Para distinguir o uso adequado de mal/mau, refaça a frase utilizando bem e bom. A forma equivalente a "bem" é "mal", e a forma equivalente a "bom" é "mau".
Exemplos:
    • incorreto: Não como carne mau passada.
    • correto: Não como carne mal passada.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:58 Emprego de mau e mal uso de mal O contrário de "bem" é "mal", e o de "bom" é "mau".
Mensagem longa:Mau é adjetivo (o feminino é "má" e o plural é "maus") e mal é advérbio (forma invariável). Para distinguir o uso adequado de mal/mau, refaça a frase utilizando bem e bom. A forma equivalente a "bem" é "mal", e a forma equivalente a "bom" é "mau".
Exemplos:
    • incorreto: Eu sou mal.
    • correto: Eu sou mau.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:59 Verbo preferir preferir + redundância "Preferir mais" é redundante. Suprima o "mais".
Mensagem longa:Suprima o "mais". O sentido de preferir é "querer mais". "Preferir mais" é redundante.
Exemplos:
    • incorreto: Eu prefiro mais comer no bandejão.
    • correto: Eu prefiro comer no bandejão.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:60 Verbo preferir regência do verbo preferir Não use "preferir isso do que aquilo", mas sim "a aquilo".
Mensagem longa:"Quem prefere, prefere alguma coisa a alguma coisa". Não se usa "do que". A preposição adequada é "a".
Exemplos:
    • incorreto: Eu prefiro festa do que balada.
    • correto: Eu prefiro festa a balada.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:61 Colocação pronominal palavras de sentido negativo + verbo + pronome oblíquo Palavras negativas atraem o pronome átono para antes do verbo.
Mensagem longa:As palavras de sentido negativo atraem o pronome átono para antes do verbo.
Exemplos:
    • incorreto: Não meto-me no que não sou chamado.
    • correto: Não me meto no que não sou chamado.
    • incorreto: Nunca viu-te comendo carne.
    • correto: Nunca te viu comendo carne.
    • incorreto: Jamais ocorreu-nos tal idéia.
    • correto: Jamais nos ocorreu tal idéia.
    • incorreto: Jamais deixarei-lhes minha herança.
    • correto: Jamais lhes deixarei minha herança.
    • incorreto: Não meto-me no que não sou chamado.
    • correto: Não me meto no que não sou chamado.
    • incorreto: Nunca viu-te comendo carne.
    • correto: Nunca te viu comendo carne.
    • incorreto: Jamais ocorreu-nos tal idéia.
    • correto: Jamais nos ocorreu tal idéia.
    • incorreto: Jamais deixarei-lhes minha herança.
    • correto: Jamais lhes deixarei minha herança.
    • incorreto: Não meto-me no que não sou chamado.
    • correto: Não me meto no que não sou chamado.
    • incorreto: Nunca viu-te comendo carne.
    • correto: Nunca te viu comendo carne.
    • incorreto: Jamais ocorreu-nos tal idéia.
    • correto: Jamais nos ocorreu tal idéia.
    • incorreto: Jamais deixarei-lhes minha herança.
    • correto: Jamais lhes deixarei minha herança.
    • incorreto: Não meto-me no que não sou chamado.
    • correto: Não me meto no que não sou chamado.
    • incorreto: Nunca viu-te comendo carne.
    • correto: Nunca te viu comendo carne.
    • incorreto: Jamais ocorreu-nos tal idéia.
    • correto: Jamais nos ocorreu tal idéia.
    • incorreto: Jamais deixarei-lhes minha herança.
    • correto: Jamais lhes deixarei minha herança.
Estatísticas:
  • | VP: 4
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:62 Colocação pronominal palavras de sentido negativo + verbo + pronome oblíquo Palavras negativas atraem o pronome átono para antes do verbo.
Mensagem longa:As palavras de sentido negativo atraem o pronome átono para antes do verbo.
Exemplos:
    • incorreto: Ninguém conhece-nos mais do que nós mesmos.
    • correto: Ninguém nos conhece mais do que nós mesmos.
    • incorreto: Nada impede-nos de continuar.
    • correto: Nada nos impede de continuar.
    • incorreto: Ninguém conhece-nos mais do que nós mesmos.
    • correto: Ninguém nos conhece mais do que nós mesmos.
    • incorreto: Nada impede-nos de continuar.
    • correto: Nada nos impede de continuar.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 2
  • | FN: 2 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:63 Colocação pronominal palavras de sentido negativo + substantivo + verbo + pronome oblíquo Palavras negativas atraem o pronome átono para antes do verbo.
Mensagem longa:As palavras de sentido negativo atraem o pronome átono para antes do verbo.
Exemplos:
    • incorreto: Nenhum homem quer-lhe bem.
    • correto: Nenhum homem lhe quer bem.
    • incorreto: Nenhuma aventura atrai-te.
    • correto: Nenhuma aventura te atrai.
    • incorreto: Nenhuma idéia ocorreu-nos até então.
    • correto: Nenhuma idéia nos ocorreu até então.
    • incorreto: Nenhum homem quer-lhe bem.
    • correto: Nenhum homem lhe quer bem.
    • incorreto: Nenhuma aventura atrai-te.
    • correto: Nenhuma aventura te atrai.
    • incorreto: Nenhuma idéia ocorreu-nos até então.
    • correto: Nenhuma idéia nos ocorreu até então.
    • incorreto: Nenhum homem quer-lhe bem.
    • correto: Nenhum homem lhe quer bem.
    • incorreto: Nenhuma aventura atrai-te.
    • correto: Nenhuma aventura te atrai.
    • incorreto: Nenhuma idéia ocorreu-nos até então.
    • correto: Nenhuma idéia nos ocorreu até então.
Estatísticas:
  • | VP: 3
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:64 Colocação pronominal palavras de sentido negativo + substantivo + verbo + pronome oblíquo Palavras negativas atraem o pronome átono para antes do verbo.
Mensagem longa:As palavras de sentido negativo atraem o pronome átono para antes do verbo.
Exemplos:
    • incorreto: Nenhum homem quer-nos bem.
    • correto: Nenhum homem nos quer bem.
    • incorreto: Nenhuma aventura atrai-nos.
    • correto: Nenhuma aventura nos atrai.
    • incorreto: Nenhum homem quer-nos bem.
    • correto: Nenhum homem nos quer bem.
    • incorreto: Nenhuma aventura atrai-nos.
    • correto: Nenhuma aventura nos atrai.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 2
  • | FN: 2 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:65 Colocação pronominal pronome relativo ou conjunção subordinativa + verbo + pronome oblíquo Pron. relativos e conj. subordinativas atraem o pronome para antes do verbo.
Mensagem longa:Os pronomes relativos e as conjunções subordinativas atraem o pronome para antes do verbo.
Exemplos:
    • incorreto: Briguei com ele porque falou-me que eu era incapaz.
    • correto: Briguei com ele porque me falou que eu era incapaz.
    • incorreto: Quem falou-te que eu era incapaz?
    • correto: Quem te falou que eu era incapaz?
    • incorreto: Quando move-se um dedo, consegue-se tudo.
    • correto: Quando se move um dedo, consegue-se tudo.
    • incorreto: Ele não sabe de nada porque foi-se embora mais cedo.
    • correto: Ele não sabe de nada porque se foi embora mais cedo.
    • incorreto: Briguei com ele porque falou-me que eu era incapaz.
    • correto: Briguei com ele porque me falou que eu era incapaz.
    • incorreto: Quem falou-te que eu era incapaz?
    • correto: Quem te falou que eu era incapaz?
    • incorreto: Quando move-se um dedo, consegue-se tudo.
    • correto: Quando se move um dedo, consegue-se tudo.
    • incorreto: Ele não sabe de nada porque foi-se embora mais cedo.
    • correto: Ele não sabe de nada porque se foi embora mais cedo.
    • incorreto: Briguei com ele porque falou-me que eu era incapaz.
    • correto: Briguei com ele porque me falou que eu era incapaz.
    • incorreto: Quem falou-te que eu era incapaz?
    • correto: Quem te falou que eu era incapaz?
    • incorreto: Quando move-se um dedo, consegue-se tudo.
    • correto: Quando se move um dedo, consegue-se tudo.
    • incorreto: Ele não sabe de nada porque foi-se embora mais cedo.
    • correto: Ele não sabe de nada porque se foi embora mais cedo.
    • incorreto: Briguei com ele porque falou-me que eu era incapaz.
    • correto: Briguei com ele porque me falou que eu era incapaz.
    • incorreto: Quem falou-te que eu era incapaz?
    • correto: Quem te falou que eu era incapaz?
    • incorreto: Quando move-se um dedo, consegue-se tudo.
    • correto: Quando se move um dedo, consegue-se tudo.
    • incorreto: Ele não sabe de nada porque foi-se embora mais cedo.
    • correto: Ele não sabe de nada porque se foi embora mais cedo.
Estatísticas:
  • | VP: 4
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:66 Colocação pronominal pronome relativo ou conjunção subordinativa + verbo + pronome oblíquo Pron. relativos e conj. subordinativas atraem o pronome para antes do verbo.
Mensagem longa:Os pronomes relativos e as conjunções subordinativas atraem o pronome para antes do verbo.
Exemplos:
    • incorreto: Quando virem-nos dirigir o carro, se fosse-nos permitido andar de carro, já que a lei que proíbe-nos de dirigir bêbado está em vigor. Quem impediu-nos de entrar o fez por não estarmos devidamente trajados. Porque compete-nos a excelência.
    • correto: ???
    • incorreto: Creio que
    • correto:
    • incorreto: Quando virem-nos dirigir o carro, se fosse-nos permitido andar de carro, já que a lei que proíbe-nos de dirigir bêbado está em vigor. Quem impediu-nos de entrar o fez por não estarmos devidamente trajados. Porque compete-nos a excelência.
    • correto: ???
    • incorreto: Creio que
    • correto:
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 4
  • | FN: 2 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:67 Colocação pronominal advérbio + verbo + pronome oblíquo Certos advérbios atraem o pronome para antes do verbo.
Mensagem longa:Certos advérbios (sempre, já, bem, aqui, onde, mais, talvez, ainda, como, por que) atraem o pronome para antes do verbo.
Exemplos:
    • incorreto: O sol já põe-se e os soldados não retornaram.
    • correto: O sol já se põe e os soldados não retornaram.
    • incorreto: Um guia de ruas da cidade talvez ajude-te.
    • correto: Um guia de ruas da cidade talvez te ajude.
    • incorreto: Mais aprende-se com o exemplo.
    • correto: Mais se aprende com o exemplo.
    • incorreto: O sol já põe-se e os soldados não retornaram.
    • correto: O sol já se põe e os soldados não retornaram.
    • incorreto: Um guia de ruas da cidade talvez ajude-te.
    • correto: Um guia de ruas da cidade talvez te ajude.
    • incorreto: Mais aprende-se com o exemplo.
    • correto: Mais se aprende com o exemplo.
    • incorreto: O sol já põe-se e os soldados não retornaram.
    • correto: O sol já se põe e os soldados não retornaram.
    • incorreto: Um guia de ruas da cidade talvez ajude-te.
    • correto: Um guia de ruas da cidade talvez te ajude.
    • incorreto: Mais aprende-se com o exemplo.
    • correto: Mais se aprende com o exemplo.
Estatísticas:
  • | VP: 3
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:68 Colocação pronominal advérbio + verbo + pronome oblíquo Certos advérbios atraem o pronome para antes do verbo.
Mensagem longa:Certos advérbios (sempre, já, bem, aqui, onde, mais, talvez, ainda, como, por que) atraem o pronome para antes do verbo.
Exemplos:
    • incorreto: Sempre entendemos-nos bem. Já perguntou-nos o que fazer. Bem fez-nos não almoçar. Aqui faz-nos bem. O excesso de cautela talvez prejudique-nos. A lembrança ainda remete-nos ao passado. Como foi-nos ordenado, fizemos o serviço.
    • correto: Sempre nos entendemos bem. O sol já se põe e os soldados não retornaram. Um guia de ruas da cidade talvez te ajude. Mais se aprende com o exemplo.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 6
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:69 Colocação pronominal advérbio + verbo + pronome oblíquo Certos advérbios atraem o pronome para antes do verbo.
Mensagem longa:Certos advérbios (sempre, já, bem, aqui, onde, mais, talvez, ainda, como, por que) atraem o pronome para antes do verbo.
Exemplos:
    • incorreto: Por que a comida fez-te mal?
    • correto: Por que a comida te fez mal?
    • incorreto: Por que a comida fez-me mal?
    • correto: Por que a comida me fez mal?
    • incorreto: Por que a comida fez-te mal?
    • correto: Por que a comida te fez mal?
    • incorreto: Por que a comida fez-me mal?
    • correto: Por que a comida me fez mal?
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:70 Colocação pronominal advérbio + verbo + pronome oblíquo Certos advérbios atraem o pronome para antes do verbo.
Mensagem longa:Certos advérbios (sempre, já, bem, aqui, onde, mais, talvez, ainda, como, por que) atraem o pronome para antes do verbo.
Exemplos:
    • incorreto: Por que a comida fez-nos mal?
    • correto: Por que a comida nos fez mal?
    • incorreto: Por que o cachorro mordeu-nos a perna?
    • correto: Por que o cachorro nos mordeu a perna?
    • incorreto: Por que a comida fez-nos mal?
    • correto: Por que a comida nos fez mal?
    • incorreto: Por que o cachorro mordeu-nos a perna?
    • correto: Por que o cachorro nos mordeu a perna?
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 2
  • | FN: 2 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:71 Colocação pronominal pronome indefinido + verbo + pronome oblíquo Alguns pronomes indefinidos atraem o pronome para antes do verbo.
Mensagem longa:Os pronomes indefinidos "tudo, pouco, algo" atraem o pronome para antes do verbo.
Exemplos:
    • incorreto: Um dia tudo resolverá-se.
    • correto: Um dia tudo se resolverá.
    • incorreto: Pouco fala-se de assuntos mais complexos.
    • correto: Pouco se fala de assuntos mais complexos.
    • incorreto: Algo diz-me que te enganaram.
    • correto: Algo me diz que te enganaram.
    • incorreto: Um dia tudo resolverá-se.
    • correto: Um dia tudo se resolverá.
    • incorreto: Pouco fala-se de assuntos mais complexos.
    • correto: Pouco se fala de assuntos mais complexos.
    • incorreto: Algo diz-me que te enganaram.
    • correto: Algo me diz que te enganaram.
    • incorreto: Um dia tudo resolverá-se.
    • correto: Um dia tudo se resolverá.
    • incorreto: Pouco fala-se de assuntos mais complexos.
    • correto: Pouco se fala de assuntos mais complexos.
    • incorreto: Algo diz-me que te enganaram.
    • correto: Algo me diz que te enganaram.
Estatísticas:
  • | VP: 3
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:72 Colocação pronominal pronome indefinido + verbo + pronome oblíquo Alguns pronomes indefinidos atraem o pronome para antes do verbo.
Mensagem longa:Os pronomes indefinidos "tudo, pouco, algo" atraem o pronome para antes do verbo.
Exemplos:
    • incorreto: Tudo contraria-nos.
    • correto: Tudo nos contraria.
    • incorreto: Pouco falam-nos de assuntos mais complexos.
    • correto: Pouco nos falam de assuntos mais complexos.
    • incorreto: Algo diz-nos para parar.
    • correto: Algo nos diz para parar.
    • incorreto: Tudo contraria-nos.
    • correto: Tudo nos contraria.
    • incorreto: Pouco falam-nos de assuntos mais complexos.
    • correto: Pouco nos falam de assuntos mais complexos.
    • incorreto: Algo diz-nos para parar.
    • correto: Algo nos diz para parar.
    • incorreto: Tudo contraria-nos.
    • correto: Tudo nos contraria.
    • incorreto: Pouco falam-nos de assuntos mais complexos.
    • correto: Pouco nos falam de assuntos mais complexos.
    • incorreto: Algo diz-nos para parar.
    • correto: Algo nos diz para parar.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 3
  • | FN: 3 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:73 Colocação pronominal só, ou, ora ou quer + pronome oblíquo "só, ou, ora e quer" atraem o pronome para antes do verbo.
Mensagem longa:"só, ou, ora e quer" atraem o pronome para antes do verbo.
Exemplos:
    • incorreto: Só cansou-te à toa, pois o sacrifício foi em vão.
    • correto: Só te cansou à toa, pois o sacrifício foi em vão.
    • incorreto: Ou esforça-se, ou será reprovado.
    • correto: Ou se esforça, ou será reprovado.
    • incorreto: Quer tenha-se o aval, quer não o tenha, fecharemos o negócio.
    • correto: Quer se tenha o aval, quer não o tenha, fecharemos o negócio.
    • incorreto: Só cansou-te à toa, pois o sacrifício foi em vão.
    • correto: Só te cansou à toa, pois o sacrifício foi em vão.
    • incorreto: Ou esforça-se, ou será reprovado.
    • correto: Ou se esforça, ou será reprovado.
    • incorreto: Quer tenha-se o aval, quer não o tenha, fecharemos o negócio.
    • correto: Quer se tenha o aval, quer não o tenha, fecharemos o negócio.
    • incorreto: Só cansou-te à toa, pois o sacrifício foi em vão.
    • correto: Só te cansou à toa, pois o sacrifício foi em vão.
    • incorreto: Ou esforça-se, ou será reprovado.
    • correto: Ou se esforça, ou será reprovado.
    • incorreto: Quer tenha-se o aval, quer não o tenha, fecharemos o negócio.
    • correto: Quer se tenha o aval, quer não o tenha, fecharemos o negócio.
Estatísticas:
  • | VP: 3
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:74 Colocação pronominal só, ou, ora ou quer + pronome oblíquo "só, ou, ora e quer" atraem o pronome para antes do verbo.
Mensagem longa:"só, ou, ora e quer" atraem o pronome para antes do verbo.
Exemplos:
    • incorreto: Só pagaram-nos o salário depois de muita insistência. Ou esforçamo-nos, ou seremos reprovados. Os amigos, ora acolhem-nos, ora desprezam-nos. Quer apóie-nos, quer faça-nos oposição, o inimigo é sempre perigoso. Só fico nos lugares numerados e caros. Ou compro nos mercados ou por telefone.
    • correto: ???
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 7
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:75 Se eu ver conjugação de um verbo irregular no futuro do subjuntivo Conjugação de um verbo irregular no futuro do subjuntivo.
Mensagem longa:Trata-se da conjugação de um verbo irregular no futuro do subjuntivo.
Exemplos:
    • incorreto: Quando ele dizer o que pensa, estaremos acabados.
    • correto: Quando ele disser o que pensa, estaremos acabados.
    • incorreto: Se ele fazer algo errado, logo saberemos.
    • correto: Se ele fizer algo errado, logo saberemos.
    • incorreto: Quando ele manter a palavra, ficaremos surpresos.
    • correto: Quando ele mantiver a palavra, ficaremos surpresos.
    • incorreto: Quando ele pôr as coisas em ordem, ele viajará para o exterior.
    • correto: Quando ele puser as coisas em ordem, ele viajará para o exterior.
    • incorreto: Se eu ver meu irmão novamente, perguntar-lhe-ei sobre esse assunto.
    • correto: Se eu vir meu irmão novamente, perguntar-lhe-ei sobre esse assunto.
    • incorreto: Quando ele dizer o que pensa, estaremos acabados.
    • correto: Quando ele disser o que pensa, estaremos acabados.
    • incorreto: Se ele fazer algo errado, logo saberemos.
    • correto: Se ele fizer algo errado, logo saberemos.
    • incorreto: Quando ele manter a palavra, ficaremos surpresos.
    • correto: Quando ele mantiver a palavra, ficaremos surpresos.
    • incorreto: Quando ele pôr as coisas em ordem, ele viajará para o exterior.
    • correto: Quando ele puser as coisas em ordem, ele viajará para o exterior.
    • incorreto: Se eu ver meu irmão novamente, perguntar-lhe-ei sobre esse assunto.
    • correto: Se eu vir meu irmão novamente, perguntar-lhe-ei sobre esse assunto.
    • incorreto: Quando ele dizer o que pensa, estaremos acabados.
    • correto: Quando ele disser o que pensa, estaremos acabados.
    • incorreto: Se ele fazer algo errado, logo saberemos.
    • correto: Se ele fizer algo errado, logo saberemos.
    • incorreto: Quando ele manter a palavra, ficaremos surpresos.
    • correto: Quando ele mantiver a palavra, ficaremos surpresos.
    • incorreto: Quando ele pôr as coisas em ordem, ele viajará para o exterior.
    • correto: Quando ele puser as coisas em ordem, ele viajará para o exterior.
    • incorreto: Se eu ver meu irmão novamente, perguntar-lhe-ei sobre esse assunto.
    • correto: Se eu vir meu irmão novamente, perguntar-lhe-ei sobre esse assunto.
    • incorreto: Quando ele dizer o que pensa, estaremos acabados.
    • correto: Quando ele disser o que pensa, estaremos acabados.
    • incorreto: Se ele fazer algo errado, logo saberemos.
    • correto: Se ele fizer algo errado, logo saberemos.
    • incorreto: Quando ele manter a palavra, ficaremos surpresos.
    • correto: Quando ele mantiver a palavra, ficaremos surpresos.
    • incorreto: Quando ele pôr as coisas em ordem, ele viajará para o exterior.
    • correto: Quando ele puser as coisas em ordem, ele viajará para o exterior.
    • incorreto: Se eu ver meu irmão novamente, perguntar-lhe-ei sobre esse assunto.
    • correto: Se eu vir meu irmão novamente, perguntar-lhe-ei sobre esse assunto.
    • incorreto: Quando ele dizer o que pensa, estaremos acabados.
    • correto: Quando ele disser o que pensa, estaremos acabados.
    • incorreto: Se ele fazer algo errado, logo saberemos.
    • correto: Se ele fizer algo errado, logo saberemos.
    • incorreto: Quando ele manter a palavra, ficaremos surpresos.
    • correto: Quando ele mantiver a palavra, ficaremos surpresos.
    • incorreto: Quando ele pôr as coisas em ordem, ele viajará para o exterior.
    • correto: Quando ele puser as coisas em ordem, ele viajará para o exterior.
    • incorreto: Se eu ver meu irmão novamente, perguntar-lhe-ei sobre esse assunto.
    • correto: Se eu vir meu irmão novamente, perguntar-lhe-ei sobre esse assunto.
Estatísticas:
  • | VP: 5
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:76 Se eu ver conjugação de um verbo irregular no futuro do subjuntivo Conjugação de um verbo irregular no futuro do subjuntivo.
Mensagem longa:Trata-se da conjugação de um verbo irregular no futuro do subjuntivo.
Exemplos:
    • incorreto: Quando Maria pôr as coisas em ordem, ela viajará para fora do país.
    • correto: Quando Maria puser as coisas em ordem, ela viajará para fora do país.
    • incorreto: Se João ver meu irmão novamente, perguntar-lhe-á sobre esse assunto.
    • correto: Se João vir meu irmão novamente, perguntar-lhe-á sobre esse assunto.
    • incorreto: Quando Maria pôr as coisas em ordem, ela viajará para fora do país.
    • correto: Quando Maria puser as coisas em ordem, ela viajará para fora do país.
    • incorreto: Se João ver meu irmão novamente, perguntar-lhe-á sobre esse assunto.
    • correto: Se João vir meu irmão novamente, perguntar-lhe-á sobre esse assunto.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:77 Se eu ver conjugação de um verbo irregular no futuro do subjuntivo Conjugação de um verbo irregular no futuro do subjuntivo.
Mensagem longa:Trata-se da conjugação de um verbo irregular no futuro do subjuntivo.
Exemplos:
    • incorreto: Quando a professora pôr as coisas em ordem, ela aplicará novas provas.
    • correto: Quando a professora puser as coisas em ordem, ela aplicará novas provas.
    • incorreto: Se o cachorro ver o gato novamente, latirá para ele.
    • correto: Se o cachorro vir o gato novamente, latirá para ele.
    • incorreto: Mas quando o gato saber desviar do cachorro, nada acontecerá.
    • correto: Mas quando o gato souber desviar do cachorro, nada acontecerá.
    • incorreto: Quando a professora pôr as coisas em ordem, ela aplicará novas provas.
    • correto: Quando a professora puser as coisas em ordem, ela aplicará novas provas.
    • incorreto: Se o cachorro ver o gato novamente, latirá para ele.
    • correto: Se o cachorro vir o gato novamente, latirá para ele.
    • incorreto: Mas quando o gato saber desviar do cachorro, nada acontecerá.
    • correto: Mas quando o gato souber desviar do cachorro, nada acontecerá.
    • incorreto: Quando a professora pôr as coisas em ordem, ela aplicará novas provas.
    • correto: Quando a professora puser as coisas em ordem, ela aplicará novas provas.
    • incorreto: Se o cachorro ver o gato novamente, latirá para ele.
    • correto: Se o cachorro vir o gato novamente, latirá para ele.
    • incorreto: Mas quando o gato saber desviar do cachorro, nada acontecerá.
    • correto: Mas quando o gato souber desviar do cachorro, nada acontecerá.
Estatísticas:
  • | VP: 3
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:78 Crase regência verbal "Ir" constrói-se com prep. "a". Há crase com compl. feminino.
Mensagem longa:O verbo "ir" constrói-se com preposição "a". Se o complemento (lugar a que se vai) for feminino, teremos crase.
Exemplos:
    • incorreto: Vamos as cidades históricas.
    • correto: Vamos às cidades históricas.
    • incorreto: Crianças vão a escola.
    • correto: Crianças vão à escola.
    • incorreto: Nós fomos a livraria ontem.
    • correto: Nós fomos à livraria ontem.
    • incorreto: Vamos as cidades históricas.
    • correto: Vamos às cidades históricas.
    • incorreto: Crianças vão a escola.
    • correto: Crianças vão à escola.
    • incorreto: Nós fomos a livraria ontem.
    • correto: Nós fomos à livraria ontem.
    • incorreto: Vamos as cidades históricas.
    • correto: Vamos às cidades históricas.
    • incorreto: Crianças vão a escola.
    • correto: Crianças vão à escola.
    • incorreto: Nós fomos a livraria ontem.
    • correto: Nós fomos à livraria ontem.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 0.6666666666666666
  • | Medida F: 0.8 |
xml:79 Crase regência verbal "Aderir" constrói-se com prep. "a". Há crase com compl. feminino.
Mensagem longa:O verbo "aderir" constrói-se com a preposição "a". Se o complemento (aquilo a que se adere) for feminino, teremos crase.
Exemplos:
    • incorreto: Os alunos aderiram as novas idéias do jovem professor.
    • correto: Os alunos aderiram às novas idéias do jovem professor.
    • incorreto: A cola aderiu a camada da pele.
    • correto: A cola aderiu à camada da pele.
    • incorreto: Os alunos aderiram as novas idéias do jovem professor.
    • correto: Os alunos aderiram às novas idéias do jovem professor.
    • incorreto: A cola aderiu a camada da pele.
    • correto: A cola aderiu à camada da pele.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:80 Crase regência verbal "Pentencer" constrói-se com prep. "a". Há crase com compl. feminino.
Mensagem longa:O verbo "pertencer" constrói-se com a preposição "a". Se o complemento (pertence a algo, ou a alguém) for feminino, teremos crase.
Exemplos:
    • incorreto: O dinheiro apreendido pertencia as crianças.
    • correto: O dinheiro apreendido pertencia às crianças.
    • incorreto: Os heróis pertencem a Pátria.
    • correto: Os heróis pertencem à Pátria.
    • incorreto: O dinheiro apreendido pertencia as crianças.
    • correto: O dinheiro apreendido pertencia às crianças.
    • incorreto: Os heróis pertencem a Pátria.
    • correto: Os heróis pertencem à Pátria.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 0.5
  • | Medida F: 0.6666666666666666 |
xml:81 Crase regência verbal "Candidatar-se" constrói-se com prep. "a". Há crase com compl. feminino.
Mensagem longa:O verbo "candidatar-se" constrói-se com preposição "a". Se o complemento (aquilo a que o sujeito se candidata) for feminino, teremos crase.
Exemplos:
    • incorreto: Os alunos candidataram-se as vagas de estagiários.
    • correto: Os alunos candidataram-se às vagas de estagiários.
    • incorreto: Paulo candidatou-se a vaga de inspetor de produção.
    • correto: Paulo candidatou-se à vaga de inspetor de produção.
    • incorreto: Os alunos candidataram-se as vagas de estagiários.
    • correto: Os alunos candidataram-se às vagas de estagiários.
    • incorreto: Paulo candidatou-se a vaga de inspetor de produção.
    • correto: Paulo candidatou-se à vaga de inspetor de produção.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:82 Crase regência verbal "(Des)obedecer" constrói-se com prep. "a". Há crase com compl. feminino.
Mensagem longa:O verbo obedecer/desobedecer constrói-se com a preposição a. Se o complemento (obedecer a quem) for feminino, teremos crase.
Exemplos:
    • incorreto: Se desobedecermos as lideranças, será o caos.
    • correto: Se desobedecermos às lideranças, será o caos.
    • incorreto: Se não obedecermos as lideranças, será o caos.
    • correto: Se não obedecermos às lideranças, será o caos.
    • incorreto: Obedecia a tia, como antes obedecia a mãe.
    • correto: Obedecia à tia, como antes obedecia à mãe.
    • incorreto: Se desobedecermos as lideranças, será o caos.
    • correto: Se desobedecermos às lideranças, será o caos.
    • incorreto: Se não obedecermos as lideranças, será o caos.
    • correto: Se não obedecermos às lideranças, será o caos.
    • incorreto: Obedecia a tia, como antes obedecia a mãe.
    • correto: Obedecia à tia, como antes obedecia à mãe.
    • incorreto: Se desobedecermos as lideranças, será o caos.
    • correto: Se desobedecermos às lideranças, será o caos.
    • incorreto: Se não obedecermos as lideranças, será o caos.
    • correto: Se não obedecermos às lideranças, será o caos.
    • incorreto: Obedecia a tia, como antes obedecia a mãe.
    • correto: Obedecia à tia, como antes obedecia à mãe.
Estatísticas:
  • | VP: 4
  • | FP: 2
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 0.6666666666666666
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 0.8 |
xml:83 Concordância do sujeito com o adjetivo predicativo pronome + verbo de ligação + adjetivo predicativo O adjetivo na função de predicativo concorda com o sujeito.
Mensagem longa:O adjetivo na função de predicativo concorda em gênero (masculino ou feminino) e número (singular ou plural) com o sujeito.
Exemplos:
    • incorreto: Eles são estudioso.
    • correto: Eles são estudiosos.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 1
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:84 Crase Crase - regência de alguns nomes Alguns nomes regem a preposição "a", logo há crase aqui.
Mensagem longa:Quando um nome que rege preposição "a" é complementado por palavra feminina, ocorrerá crase.
Exemplos:
    • incorreto: Ela estava acomodada a vida de solteira.
    • correto: Ela estava acomodada à vida de solteira.
    • incorreto: Estava destinada a delicada tarefa de ser mãe.
    • correto: Estava destinada à delicada tarefa de ser mãe.
    • incorreto: Ela foi exposta a radiação.
    • correto: Ela foi exposta à radiação.
    • incorreto: Ela estava acomodada a vida de solteira.
    • correto: Ela estava acomodada à vida de solteira.
    • incorreto: Estava destinada a delicada tarefa de ser mãe.
    • correto: Estava destinada à delicada tarefa de ser mãe.
    • incorreto: Ela foi exposta a radiação.
    • correto: Ela foi exposta à radiação.
    • incorreto: Ela estava acomodada a vida de solteira.
    • correto: Ela estava acomodada à vida de solteira.
    • incorreto: Estava destinada a delicada tarefa de ser mãe.
    • correto: Estava destinada à delicada tarefa de ser mãe.
    • incorreto: Ela foi exposta a radiação.
    • correto: Ela foi exposta à radiação.
Estatísticas:
  • | VP: 3
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:85 Crase regência verbal - crase "Reagir" constrói-se com prep. "a". Há crase com compl. feminino.
Mensagem longa:O verbo "reagir" constrói-se com a preposição "a". Se o complemento (reage a alguma coisa) for feminino, teremos crase.
Exemplos:
    • incorreto: A população reagirá mal as exigências de racionamento.
    • correto: A população reagirá mal às exigências de racionamento.
    • incorreto: O presidente reagiu bem as críticas.
    • correto: O presidente reagiu bem às críticas.
    • incorreto: A população reagirá mal as exigências de racionamento.
    • correto: A população reagirá mal às exigências de racionamento.
    • incorreto: O presidente reagiu bem as críticas.
    • correto: O presidente reagiu bem às críticas.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:86 regência verbal regência do verbo obedecer/desobedecer "(Des)obedecer" constrói-se com preposição "a".
Mensagem longa:Os verbos "obedecer"/"desobedecer" constroem-se com preposição "a". Quem obedece, obedece a alguém.
Exemplos:
    • incorreto: Nós obedeceremos os princípios básicos de convivência.
    • correto: Nós obedeceremos aos princípios básicos de convivência.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 2
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 0.3333333333333333
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 0.5 |
xml:87 Crase à + pronomes pessoais Não há crase porque alguns pronomes pessoais não admitem artigo.
Mensagem longa:Os pronomes pessoais "mim", "ti", "ele", "ela", "eles", "elas", "si", "nós", "nos", "vós", "vos" não admitem artigo, portanto não haverá crase antes deles.
Exemplos:
    • incorreto: Ela, com certeza, mentiu, quanto à ele, parece que foi sincero.
    • correto: Ela, com certeza, mentiu, quanto a ele, parece que foi sincero.
    • incorreto: Na hora do aperto, sempre recorrem à mim.
    • correto: Na hora do aperto, sempre recorrem a mim.
    • incorreto: Graças à vocês, tudo se resolveu a tempo.
    • correto: Graças a vocês, tudo se resolveu a tempo.
    • incorreto: Ela, com certeza, mentiu, quanto à ele, parece que foi sincero.
    • correto: Ela, com certeza, mentiu, quanto a ele, parece que foi sincero.
    • incorreto: Na hora do aperto, sempre recorrem à mim.
    • correto: Na hora do aperto, sempre recorrem a mim.
    • incorreto: Graças à vocês, tudo se resolveu a tempo.
    • correto: Graças a vocês, tudo se resolveu a tempo.
    • incorreto: Ela, com certeza, mentiu, quanto à ele, parece que foi sincero.
    • correto: Ela, com certeza, mentiu, quanto a ele, parece que foi sincero.
    • incorreto: Na hora do aperto, sempre recorrem à mim.
    • correto: Na hora do aperto, sempre recorrem a mim.
    • incorreto: Graças à vocês, tudo se resolveu a tempo.
    • correto: Graças a vocês, tudo se resolveu a tempo.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 2 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 0.3333333333333333
  • | Medida F: 0.5 |
xml:88 emprego de eu e mim a + eu "Eu" não deve ser preposicionado. Use "a mim".
Mensagem longa:O pronome "eu" não deve ser preposicionado. Use, nesse caso, "a mim".
Exemplos:
    • incorreto: Quanto a eu, estou pronto para renunciar.
    • correto: Quanto a mim, estou pronto para renunciar.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:89 Crase à + pronomes pessoais Não há crase porque alguns pronomes pessoais não admitem artigo.
Mensagem longa:Os pronomes pessoais "mim", "ti", "ele", "ela", "eles", "elas", "si", "nós", "nos", "vós", "vos" não admitem artigo, portanto não haverá crase antes deles.
Exemplos:
    • incorreto: Ela, com certeza, mentiu; quanto à ele, parece que foi sincero.
    • correto: Ela, com certeza, mentiu; quanto a ele, parece que foi sincero.
    • incorreto: Na hora do aperto, sempre recorrem à mim.
    • correto: Na hora do aperto, sempre recorrem a mim.
    • incorreto: Graças à vós, tudo se resolveu a tempo.
    • correto: Graças a vós, tudo se resolveu a tempo.
    • incorreto: Ela, com certeza, mentiu; quanto à ele, parece que foi sincero.
    • correto: Ela, com certeza, mentiu; quanto a ele, parece que foi sincero.
    • incorreto: Na hora do aperto, sempre recorrem à mim.
    • correto: Na hora do aperto, sempre recorrem a mim.
    • incorreto: Graças à vós, tudo se resolveu a tempo.
    • correto: Graças a vós, tudo se resolveu a tempo.
    • incorreto: Ela, com certeza, mentiu; quanto à ele, parece que foi sincero.
    • correto: Ela, com certeza, mentiu; quanto a ele, parece que foi sincero.
    • incorreto: Na hora do aperto, sempre recorrem à mim.
    • correto: Na hora do aperto, sempre recorrem a mim.
    • incorreto: Graças à vós, tudo se resolveu a tempo.
    • correto: Graças a vós, tudo se resolveu a tempo.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 2
  • | FN: 3 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:90 regência verbal regência do verbo namorar Não use a preposição "com" na regência do verbo namorar.
Mensagem longa:Quem namora, namora alguém. Não use a preposição "com" na regência do verbo namorar.
Exemplos:
    • incorreto: Fiquei namorando com aquela jóia, disposto a comprá-la.
    • correto: Fiquei namorando aquela jóia, disposto a comprá-la.
    • incorreto: Júlio namorou com Marina durante três anos.
    • correto: Júlio namorou Marina durante três anos.
    • incorreto: Fiquei namorando com aquela jóia, disposto a comprá-la.
    • correto: Fiquei namorando aquela jóia, disposto a comprá-la.
    • incorreto: Júlio namorou com Marina durante três anos.
    • correto: Júlio namorou Marina durante três anos.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:91 Crase crase - regência de alguns nomes - compl. plural Alguns nomes regem a preposição "a", logo há crase aqui.
Mensagem longa:Quando um nome que rege preposição "a" é complementado por palavra feminina plural determinada pelo artigo "as", ocorrerá crase.
Exemplos:
    • incorreto: Estávamos acostumados as folgas semanais.
    • correto: Estávamos acostumados às folgas semanais.
    • incorreto: Não tivemos acesso as provas.
    • correto: Não tivemos acesso às provas.
    • incorreto: Estávamos acostumados as folgas semanais.
    • correto: Estávamos acostumados às folgas semanais.
    • incorreto: Não tivemos acesso as provas.
    • correto: Não tivemos acesso às provas.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:92 Concordância adjetivo-substantivo meio-dia e meia "Meia" concorda com o substantivo "hora", subentendido.
Mensagem longa:Neste caso, o adjetivo "meia" concorda com o substantivo "hora", que está subentendido.
Exemplos:
    • incorreto: Chegamos para o almoço ao meio-dia e meio.
    • correto: Chegamos para o almoço ao meio-dia e meia.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:93 Crase regência verbal - crase "Equivalente" rege a preposição "a". Com compl. feminino, há crase.
Mensagem longa:O que é equivalente, é equivalente a alguma coisa. Temos, portanto preposição a. Se o complemento for feminino, teremos crase.
Exemplos:
    • incorreto: A vitória deste ano terá sido equivalente as derrotas anteriores?
    • correto: A vitória deste ano terá sido equivalente às derrotas anteriores?
    • incorreto: Nosso esforço era equivalente a ousadia de José.
    • correto: Nosso esforço era equivalente à ousadia de José.
    • incorreto: A vitória deste ano terá sido equivalente as derrotas anteriores?
    • correto: A vitória deste ano terá sido equivalente às derrotas anteriores?
    • incorreto: Nosso esforço era equivalente a ousadia de José.
    • correto: Nosso esforço era equivalente à ousadia de José.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:94 Crase regência verbal - crase "Equivaler" constrói-se com prep. "a". Há crase com compl. feminino.
Mensagem longa:O verbo "equivaler" constrói-se com a preposição "a". Se o complemento (equivale a algo) for feminino, teremos crase.
Exemplos:
    • incorreto: A revolta equivaleu as injustiças.
    • correto: A revolta equivaleu às injustiças.
    • incorreto: A revolta equivaleu a injustiça cometida.
    • correto: A revolta equivaleu à injustiça cometida.
    • incorreto: Esse valor equivale a jornada de um dia.
    • correto: Esse valor equivale à jornada de um dia.
    • incorreto: Esse valor equivale a dura jornada de um dia.
    • correto: Esse valor equivale à dura jornada de um dia.
    • incorreto: A revolta equivaleu as injustiças.
    • correto: A revolta equivaleu às injustiças.
    • incorreto: A revolta equivaleu a injustiça cometida.
    • correto: A revolta equivaleu à injustiça cometida.
    • incorreto: Esse valor equivale a jornada de um dia.
    • correto: Esse valor equivale à jornada de um dia.
    • incorreto: Esse valor equivale a dura jornada de um dia.
    • correto: Esse valor equivale à dura jornada de um dia.
    • incorreto: A revolta equivaleu as injustiças.
    • correto: A revolta equivaleu às injustiças.
    • incorreto: A revolta equivaleu a injustiça cometida.
    • correto: A revolta equivaleu à injustiça cometida.
    • incorreto: Esse valor equivale a jornada de um dia.
    • correto: Esse valor equivale à jornada de um dia.
    • incorreto: Esse valor equivale a dura jornada de um dia.
    • correto: Esse valor equivale à dura jornada de um dia.
    • incorreto: A revolta equivaleu as injustiças.
    • correto: A revolta equivaleu às injustiças.
    • incorreto: A revolta equivaleu a injustiça cometida.
    • correto: A revolta equivaleu à injustiça cometida.
    • incorreto: Esse valor equivale a jornada de um dia.
    • correto: Esse valor equivale à jornada de um dia.
    • incorreto: Esse valor equivale a dura jornada de um dia.
    • correto: Esse valor equivale à dura jornada de um dia.
Estatísticas:
  • | VP: 4
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:95 Concordância Artigo-Substantivo artigo plural + substantivo singular Os artigos concordam com o substantivo a que se referem.
Mensagem longa:Os artigos definidos (o, a, os, as) e os artigos indefinidos (um, uma, uns, umas) concordam em número (singular ou plural) e em gênero (masculino ou feminino) com o substantivo a que se referem.
Exemplos:
    • incorreto: Recebemos os cartão de crédito pelo correio.
    • correto: Recebemos os cartões de crédito pelo correio.
    • incorreto: Os copo estão quebrados.
    • correto: Os copos estão quebrados.
    • incorreto: As criança foram ao parque.
    • correto: As crianças foram ao parque.
    • incorreto: Recebemos o cartões de crédito pelo correio.
    • correto: Recebemos os cartões de crédito pelo correio.
    • incorreto: Uns copo estão quebrados.
    • correto: Uns copos estão quebrados.
    • incorreto: Recebemos os cartão de crédito pelo correio.
    • correto: Recebemos os cartões de crédito pelo correio.
    • incorreto: Os copo estão quebrados.
    • correto: Os copos estão quebrados.
    • incorreto: As criança foram ao parque.
    • correto: As crianças foram ao parque.
    • incorreto: Recebemos o cartões de crédito pelo correio.
    • correto: Recebemos os cartões de crédito pelo correio.
    • incorreto: Uns copo estão quebrados.
    • correto: Uns copos estão quebrados.
    • incorreto: Recebemos os cartão de crédito pelo correio.
    • correto: Recebemos os cartões de crédito pelo correio.
    • incorreto: Os copo estão quebrados.
    • correto: Os copos estão quebrados.
    • incorreto: As criança foram ao parque.
    • correto: As crianças foram ao parque.
    • incorreto: Recebemos o cartões de crédito pelo correio.
    • correto: Recebemos os cartões de crédito pelo correio.
    • incorreto: Uns copo estão quebrados.
    • correto: Uns copos estão quebrados.
    • incorreto: Recebemos os cartão de crédito pelo correio.
    • correto: Recebemos os cartões de crédito pelo correio.
    • incorreto: Os copo estão quebrados.
    • correto: Os copos estão quebrados.
    • incorreto: As criança foram ao parque.
    • correto: As crianças foram ao parque.
    • incorreto: Recebemos o cartões de crédito pelo correio.
    • correto: Recebemos os cartões de crédito pelo correio.
    • incorreto: Uns copo estão quebrados.
    • correto: Uns copos estão quebrados.
    • incorreto: Recebemos os cartão de crédito pelo correio.
    • correto: Recebemos os cartões de crédito pelo correio.
    • incorreto: Os copo estão quebrados.
    • correto: Os copos estão quebrados.
    • incorreto: As criança foram ao parque.
    • correto: As crianças foram ao parque.
    • incorreto: Recebemos o cartões de crédito pelo correio.
    • correto: Recebemos os cartões de crédito pelo correio.
    • incorreto: Uns copo estão quebrados.
    • correto: Uns copos estão quebrados.
Estatísticas:
  • | VP: 4
  • | FP: 1
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.8
  • | Cobertura: 0.8
  • | Medida F: 0.8000000000000002 |
xml:96 regência verbal regência do verbo evitar, usufruir. Os verbos "evitar" e "usufruir" não regem preposição "de".
Mensagem longa:Os verbos "evitar" e "usufruir" não regem preposição "de". São transitivos diretos.
Exemplos:
    • incorreto: Nós usufruímos da alegria de estar com vocês.
    • correto: Nós usufruímos a alegria de estar com vocês.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:97 regência verbal regência de demorar, torcer, votar Regência do verbo incorreta.
Mensagem longa:Atenção para a regência de alguns verbos: "demorar em" (em lugar de "demorar para"), "torcer por" (em lugar de "torcer para"), "votar em" (em lugar de "votar para").
Exemplos:
    • incorreto: Nós demoramos para perceber o erro.
    • correto: Nós demoramos em perceber o erro.
    • incorreto: Quem torce para o Palmeiras?
    • correto: Quem torce pelo Palmeiras?
    • incorreto: Na escolha do líder, votarei para o Collor.
    • correto: Na escolha do líder, votarei em Collor.
    • incorreto: Nós demoramos para perceber o erro.
    • correto: Nós demoramos em perceber o erro.
    • incorreto: Quem torce para o Palmeiras?
    • correto: Quem torce pelo Palmeiras?
    • incorreto: Na escolha do líder, votarei para o Collor.
    • correto: Na escolha do líder, votarei em Collor.
    • incorreto: Nós demoramos para perceber o erro.
    • correto: Nós demoramos em perceber o erro.
    • incorreto: Quem torce para o Palmeiras?
    • correto: Quem torce pelo Palmeiras?
    • incorreto: Na escolha do líder, votarei para o Collor.
    • correto: Na escolha do líder, votarei em Collor.
Estatísticas:
  • | VP: 3
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:98 regência verbal regência do verbo arrasar O verbo "arrasar" não rege preposição "com".
Mensagem longa:O verbo "arrasar" não rege preposição "com". É transitivo direto.
Exemplos:
    • incorreto: Ele arrasou com os jogadores que perderam.
    • correto: Ele arrasou os jogadores que perderam.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:99 regência verbal regência verbo habituar-se Regência do verbo incorreta. Use "habituar-se a".
Mensagem longa:Atenção para a regência do verbo "habituar-se": use "habituar-se a" em lugar de "habituar-se com".
Exemplos:
    • incorreto: Pôde habituar-se com o silêncio?
    • correto: Pôde habituar-se ao silêncio?
    • incorreto: Ele não conseguiu habituar-se com o ritmo de trabalho.
    • correto: Ele não conseguiu habituar-se ao ritmo de trabalho.
    • incorreto: Pôde habituar-se com o silêncio?
    • correto: Pôde habituar-se ao silêncio?
    • incorreto: Ele não conseguiu habituar-se com o ritmo de trabalho.
    • correto: Ele não conseguiu habituar-se ao ritmo de trabalho.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:100 regência verbal regência habituar com próclise. Regência do verbo incorreta. Use "habituar-se a".
Mensagem longa:Atenção para a regência do verbo "habituar-se". Use "habituar-se a" em lugar de "habituar-se com".
Exemplos:
    • incorreto: Todos já se habituaram com a nova rotina de trabalho.
    • correto: Todos já se habituaram à nova rotina de trabalho.
    • incorreto: Não me habituo com esse silêncio.
    • correto: Não me habituo a esse silêncio.
    • incorreto: Todos já se habituaram com a nova rotina de trabalho.
    • correto: Todos já se habituaram à nova rotina de trabalho.
    • incorreto: Não me habituo com esse silêncio.
    • correto: Não me habituo a esse silêncio.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:101 regência verbal regência verbo habituar-se Regência do verbo incorreta. Use "habituar-se a".
Mensagem longa:Atenção para a regência do verbo "habituar-se": em lugar de "habituar-se com", utilize "habituar-se a".
Exemplos:
    • incorreto: Habituamo-nos com a miséria.
    • correto: Habituamo-nos à miséria.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 0
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:102 regência verbal regência verbo habituar-se Regência do verbo incorreta. Use "habituar-se a".
Mensagem longa:Atenção para a regência do verbo "habituar-se"; em lugar de "habituar-se com", utilize "habituar-se a".
Exemplos:
    • incorreto: Não nos habituamos com a injustiça.
    • correto: Não nos habituamos à injustiça.
    • incorreto: Assim que nos habituarmos com o seu ritmo, seremos mais eficientes.
    • correto: Assim que nos habituarmos ao seu ritmo, seremos mais eficientes.
    • incorreto: Não nos habituamos com a injustiça.
    • correto: Não nos habituamos à injustiça.
    • incorreto: Assim que nos habituarmos com o seu ritmo, seremos mais eficientes.
    • correto: Assim que nos habituarmos ao seu ritmo, seremos mais eficientes.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:103 Concordância Artigo-Substantivo artigo singular + substantivo plural Os artigos concordam com o substantivo a que se referem.
Mensagem longa:Os artigos definidos (o, a, os, as) e os artigos indefinidos (um, uma, uns, umas) concordam em número (singular ou plural) e em gênero (masculino ou feminino) com o substantivo a que se referem.
Exemplos:
    • incorreto: Foi ferido por uma balas perdidas.
    • correto: Foi ferido por umas balas perdidas.
    • incorreto: A meninas fantasiadas nos rodearam.
    • correto: As meninas fantasiadas nos rodearam.
    • incorreto: Já enviamos o cartões de identificação.
    • correto: Já enviamos os cartões de identificação.
    • incorreto: Cumprimentamos um alunos pelo sucesso nas provas.
    • correto: Cumprimentamos uns alunos pelo sucesso nas provas.
    • incorreto: Foi ferido por uma balas perdidas.
    • correto: Foi ferido por umas balas perdidas.
    • incorreto: A meninas fantasiadas nos rodearam.
    • correto: As meninas fantasiadas nos rodearam.
    • incorreto: Já enviamos o cartões de identificação.
    • correto: Já enviamos os cartões de identificação.
    • incorreto: Cumprimentamos um alunos pelo sucesso nas provas.
    • correto: Cumprimentamos uns alunos pelo sucesso nas provas.
    • incorreto: Foi ferido por uma balas perdidas.
    • correto: Foi ferido por umas balas perdidas.
    • incorreto: A meninas fantasiadas nos rodearam.
    • correto: As meninas fantasiadas nos rodearam.
    • incorreto: Já enviamos o cartões de identificação.
    • correto: Já enviamos os cartões de identificação.
    • incorreto: Cumprimentamos um alunos pelo sucesso nas provas.
    • correto: Cumprimentamos uns alunos pelo sucesso nas provas.
    • incorreto: Foi ferido por uma balas perdidas.
    • correto: Foi ferido por umas balas perdidas.
    • incorreto: A meninas fantasiadas nos rodearam.
    • correto: As meninas fantasiadas nos rodearam.
    • incorreto: Já enviamos o cartões de identificação.
    • correto: Já enviamos os cartões de identificação.
    • incorreto: Cumprimentamos um alunos pelo sucesso nas provas.
    • correto: Cumprimentamos uns alunos pelo sucesso nas provas.
Estatísticas:
  • | VP: 3
  • | FP: 1
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.75
  • | Cobertura: 0.75
  • | Medida F: 0.75 |
xml:104 Concordância Artigo-Substantivo artigo feminino + substantivo masculino Os artigos concordam com o substantivo a que se referem.
Mensagem longa:Os artigos definidos (o, a, os, as) e os artigos indefinidos (um, uma, uns, umas) concordam em número (singular ou plural) e em gênero (masculino ou feminino) com o substantivo a que se referem.
Exemplos:
    • incorreto: As meninos quebraram as vidraças.
    • correto: Os meninos quebraram as vidraças.
    • incorreto: Uma amigos sempre ajuda nas horas difíceis.
    • correto: Uma amiga sempre ajuda nas horas difíceis.
    • incorreto: As professores não deram aulas.
    • correto: Os professores não deram aulas.
    • incorreto: As meninos quebraram as vidraças.
    • correto: Os meninos quebraram as vidraças.
    • incorreto: Uma amigos sempre ajuda nas horas difíceis.
    • correto: Uma amiga sempre ajuda nas horas difíceis.
    • incorreto: As professores não deram aulas.
    • correto: Os professores não deram aulas.
    • incorreto: As meninos quebraram as vidraças.
    • correto: Os meninos quebraram as vidraças.
    • incorreto: Uma amigos sempre ajuda nas horas difíceis.
    • correto: Uma amiga sempre ajuda nas horas difíceis.
    • incorreto: As professores não deram aulas.
    • correto: Os professores não deram aulas.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 1
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.6666666666666666
  • | Cobertura: 0.6666666666666666
  • | Medida F: 0.6666666666666666 |
xml:105 Concordância Artigo-Substantivo artigo masculino + substantivo feminino Os artigos concordam com o substantivo a que se referem.
Mensagem longa:Os artigos definidos (o, a, os, as) e os artigos indefinidos (um, uma, uns, umas) concordam em número (singular ou plural) e em gênero (masculino ou feminino) com o substantivo a que se referem.
Exemplos:
    • incorreto: Um notícia mal divulgada gera confusão.
    • correto: Uma notícia mal divulgada gera confusão.
    • incorreto: Deixamos as tarefas mais delicadas para o meninas realizarem.
    • correto: Deixamos as tarefas mais delicadas para as meninas realizarem.
    • incorreto: Os canetas vermelhas estão sem tinta.
    • correto: As canetas vermelhas estão sem tinta.
    • incorreto: Um notícia mal divulgada gera confusão.
    • correto: Uma notícia mal divulgada gera confusão.
    • incorreto: Deixamos as tarefas mais delicadas para o meninas realizarem.
    • correto: Deixamos as tarefas mais delicadas para as meninas realizarem.
    • incorreto: Os canetas vermelhas estão sem tinta.
    • correto: As canetas vermelhas estão sem tinta.
    • incorreto: Um notícia mal divulgada gera confusão.
    • correto: Uma notícia mal divulgada gera confusão.
    • incorreto: Deixamos as tarefas mais delicadas para o meninas realizarem.
    • correto: Deixamos as tarefas mais delicadas para as meninas realizarem.
    • incorreto: Os canetas vermelhas estão sem tinta.
    • correto: As canetas vermelhas estão sem tinta.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 1
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.6666666666666666
  • | Cobertura: 0.6666666666666666
  • | Medida F: 0.6666666666666666 |
xml:106 à medida em que/à medida que vícios de expressão A expressão correta é "à medida que".
Mensagem longa:A expressão correta é "à medida que".
Exemplos:
    • incorreto: À medida em que subíamos, o ar tornava-se mais rarefeito.
    • correto: À medida que subíamos, o ar tornava-se mais rarefeito.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:107 regência verbal verbo acarretar É inadequado o uso da preposição "em".
Mensagem longa:O verbo "acarretar" é transitivo direto. É inadequado o uso da preposição "em".
Exemplos:
    • incorreto: O mau uso dos aparelhos acarretou nos enormes custos de produção.
    • correto: O mau uso dos aparelhos acarretou enormes custos de produção.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:108 Crase segunda a sexta Não há crase pois o "a" é apenas preposição.
Mensagem longa:Neste caso, o "a" é apenas preposição. Não se pode indicar crase.
Exemplos:
    • incorreto: O balcão de informações atende de segunda à sexta-feira.
    • correto: O balcão de informações atende de segunda a sexta-feira.
    • incorreto: É proibido estacionar de segunda à sábado.
    • correto: É proibido estacionar de segunda a sábado.
    • incorreto: O balcão de informações atende de segunda à sexta-feira.
    • correto: O balcão de informações atende de segunda a sexta-feira.
    • incorreto: É proibido estacionar de segunda à sábado.
    • correto: É proibido estacionar de segunda a sábado.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:109 regência verbal assistir com o sentido de presenciar. Há crase pois o verbo "assistir" (presenciar) rege preposição "a".
Mensagem longa:O verbo "assistir" com o sentido de presenciar rege preposição "a". Se for seguido de palavra feminina singular, haverá crase.
Exemplos:
    • incorreto: Os participantes poderão assistir a apresentação dos premiados.
    • correto: Os participantes poderão assistir à apresentação dos premiados.
    • incorreto: No fim do verão, assistimos a peça premiada no Festival.
    • correto: No fim do verão, assistimos à peça premiada no Festival.
    • incorreto: Os participantes poderão assistir a apresentação dos premiados.
    • correto: Os participantes poderão assistir à apresentação dos premiados.
    • incorreto: No fim do verão, assistimos a peça premiada no Festival.
    • correto: No fim do verão, assistimos à peça premiada no Festival.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:110 regência nominal valorização de "Valorização" rege preposição "de" e não preposição "a".
Mensagem longa:"Valorização" rege preposição "de" e não preposição "a".
Exemplos:
    • incorreto: Hoje se busca a valorização ao corpo em detrimento do espírito.
    • correto: Hoje se busca a valorização do corpo em detrimento do espírito.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:111 emprego de vírgulas expressões entre vírgulas A expressão "ou seja" deve ser isolada por vírgulas.
Mensagem longa:A expressão "ou seja" deve ser isolada por vírgulas.
Exemplos:
    • incorreto: O trabalho mais importante, ou seja a coleta de dados, já foi iniciado.
    • correto: O trabalho mais importante, ou seja, a coleta de dados, já foi iniciado.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:112 emprego de vírgulas expressões entre vírgulas A expressão "ou seja" deve ser isolada por vírgulas.
Mensagem longa:A expressão "ou seja" deve ser isolada por vírgulas.
Exemplos:
    • incorreto: O trabalho mais importante ou seja, a coleta de dados, já foi iniciado.
    • correto: O trabalho mais importante, ou seja, a coleta de dados, já foi iniciado.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:113 emprego de vírgulas expressões entre vírgulas Deve haver vírgula antes de "no entanto".
Mensagem longa:Deve haver vírgula antes de "no entanto", se esta expressar relação entre sentenças.
Exemplos:
    • incorreto: Eu vejo tudo no entanto não vejo nada.
    • correto: Eu vejo tudo, no entanto não vejo nada.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:114 Concordância Determinante-Substantivo determinante singular + substantivo plural Os determinantes concordam com o substantivo a que se referem.
Mensagem longa:Os determinantes concordam em número (singular ou plural) e em gênero (masculino ou feminino) com o substantivo a que se referem.
Exemplos:
    • incorreto: Este meninos são levados.
    • correto: Estes meninos são levados.
    • incorreto: Fomos rodeados por aquela meninas.
    • correto: Fomos rodeados por aquelas meninas.
    • incorreto: Estas meninos são levados.
    • correto: Estes meninos são levados.
    • incorreto: As vidraças foram quebradas por aquelas meninos.
    • correto: As vidraças foram quebradas por aqueles meninos.
    • incorreto: Estes meninas são levadas.
    • correto: Estas meninas são levadas.
    • incorreto: As vidraças foram quebradas por aqueles meninas.
    • correto: As vidraças foram quebradas por aquelas meninas.
    • incorreto: Este meninos são levados.
    • correto: Estes meninos são levados.
    • incorreto: Fomos rodeados por aquela meninas.
    • correto: Fomos rodeados por aquelas meninas.
    • incorreto: Estas meninos são levados.
    • correto: Estes meninos são levados.
    • incorreto: As vidraças foram quebradas por aquelas meninos.
    • correto: As vidraças foram quebradas por aqueles meninos.
    • incorreto: Estes meninas são levadas.
    • correto: Estas meninas são levadas.
    • incorreto: As vidraças foram quebradas por aqueles meninas.
    • correto: As vidraças foram quebradas por aquelas meninas.
    • incorreto: Este meninos são levados.
    • correto: Estes meninos são levados.
    • incorreto: Fomos rodeados por aquela meninas.
    • correto: Fomos rodeados por aquelas meninas.
    • incorreto: Estas meninos são levados.
    • correto: Estes meninos são levados.
    • incorreto: As vidraças foram quebradas por aquelas meninos.
    • correto: As vidraças foram quebradas por aqueles meninos.
    • incorreto: Estes meninas são levadas.
    • correto: Estas meninas são levadas.
    • incorreto: As vidraças foram quebradas por aqueles meninas.
    • correto: As vidraças foram quebradas por aquelas meninas.
    • incorreto: Este meninos são levados.
    • correto: Estes meninos são levados.
    • incorreto: Fomos rodeados por aquela meninas.
    • correto: Fomos rodeados por aquelas meninas.
    • incorreto: Estas meninos são levados.
    • correto: Estes meninos são levados.
    • incorreto: As vidraças foram quebradas por aquelas meninos.
    • correto: As vidraças foram quebradas por aqueles meninos.
    • incorreto: Estes meninas são levadas.
    • correto: Estas meninas são levadas.
    • incorreto: As vidraças foram quebradas por aqueles meninas.
    • correto: As vidraças foram quebradas por aquelas meninas.
    • incorreto: Este meninos são levados.
    • correto: Estes meninos são levados.
    • incorreto: Fomos rodeados por aquela meninas.
    • correto: Fomos rodeados por aquelas meninas.
    • incorreto: Estas meninos são levados.
    • correto: Estes meninos são levados.
    • incorreto: As vidraças foram quebradas por aquelas meninos.
    • correto: As vidraças foram quebradas por aqueles meninos.
    • incorreto: Estes meninas são levadas.
    • correto: Estas meninas são levadas.
    • incorreto: As vidraças foram quebradas por aqueles meninas.
    • correto: As vidraças foram quebradas por aquelas meninas.
    • incorreto: Este meninos são levados.
    • correto: Estes meninos são levados.
    • incorreto: Fomos rodeados por aquela meninas.
    • correto: Fomos rodeados por aquelas meninas.
    • incorreto: Estas meninos são levados.
    • correto: Estes meninos são levados.
    • incorreto: As vidraças foram quebradas por aquelas meninos.
    • correto: As vidraças foram quebradas por aqueles meninos.
    • incorreto: Estes meninas são levadas.
    • correto: Estas meninas são levadas.
    • incorreto: As vidraças foram quebradas por aqueles meninas.
    • correto: As vidraças foram quebradas por aquelas meninas.
Estatísticas:
  • | VP: 6
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:115 Concordância Numeral-Substantivo Concordância Numeral-Substantivo Os numerais concordam com o substantivo a que se referem.
Mensagem longa:Os numerais concordam em número (singular ou plural) e em gênero (masculino ou feminino) com o substantivo a que se referem.
Exemplos:
    • incorreto: Eu comprei duas bola.
    • correto: Eu comprei duas bolas.
    • incorreto: Eu comprei dois carro.
    • correto: Eu comprei dois carros.
    • incorreto: Eu comprei duas carro.
    • correto: Eu comprei dois carros.
    • incorreto: Eu comprei duas bola.
    • correto: Eu comprei duas bolas.
    • incorreto: Eu comprei dois carro.
    • correto: Eu comprei dois carros.
    • incorreto: Eu comprei duas carro.
    • correto: Eu comprei dois carros.
    • incorreto: Eu comprei duas bola.
    • correto: Eu comprei duas bolas.
    • incorreto: Eu comprei dois carro.
    • correto: Eu comprei dois carros.
    • incorreto: Eu comprei duas carro.
    • correto: Eu comprei dois carros.
Estatísticas:
  • | VP: 3
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:117 Concordância sujeito-verbo sujeito plural + verbo singular Verificou-se erro de concordância entre o sujeito e o verbo.
Mensagem longa:Verificou-se erro de concordância entre o sujeito e o verbo.
Exemplos:
    • incorreto: Eles vai comprar banana.
    • correto: Eles vão comprar banana.
    • incorreto: Elas não tem carro.
    • correto: Elas não têm carro.
    • incorreto: Eles vai comprar banana.
    • correto: Eles vão comprar banana.
    • incorreto: Elas não tem carro.
    • correto: Elas não têm carro.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:118 Concordância sujeito-verbo sujeito singular + verbo plural Verificou-se erro de concordância entre o sujeito e o verbo.
Mensagem longa:Verificou-se erro de concordância entre o sujeito e o verbo.
Exemplos:
    • incorreto: Ele vão comprar banana.
    • correto: Ele vai comprar banana.
    • incorreto: Ele não vão comprar banana.
    • correto: Ele não vai comprar banana.
    • incorreto: Ele vão comprar banana.
    • correto: Ele vai comprar banana.
    • incorreto: Ele não vão comprar banana.
    • correto: Ele não vai comprar banana.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:119 Verbo haver haver no sentido de existir "Haver" no sentido de existir é usado na 3a. pessoa do singular.
Mensagem longa:O verbo haver no sentido de existir é impessoal. Permanece sempre na terceira pessoa do singular.
Exemplos:
    • incorreto: Haviam três ratos na cozinha.
    • correto: Havia três ratos na cozinha.
    • incorreto: Haviam quatro nuvens escuras no céu.
    • correto: Havia quatro nuvens escuras no céu.
    • incorreto: Haverão cinco ratos na cozinha.
    • correto: Haverá cinco ratos na cozinha.
    • incorreto: Haverão quinze nuvens escuras no céu.
    • correto: Haverá quinze nuvens escuras no céu.
    • incorreto: Haviam três ratos na cozinha.
    • correto: Havia três ratos na cozinha.
    • incorreto: Haviam quatro nuvens escuras no céu.
    • correto: Havia quatro nuvens escuras no céu.
    • incorreto: Haverão cinco ratos na cozinha.
    • correto: Haverá cinco ratos na cozinha.
    • incorreto: Haverão quinze nuvens escuras no céu.
    • correto: Haverá quinze nuvens escuras no céu.
    • incorreto: Haviam três ratos na cozinha.
    • correto: Havia três ratos na cozinha.
    • incorreto: Haviam quatro nuvens escuras no céu.
    • correto: Havia quatro nuvens escuras no céu.
    • incorreto: Haverão cinco ratos na cozinha.
    • correto: Haverá cinco ratos na cozinha.
    • incorreto: Haverão quinze nuvens escuras no céu.
    • correto: Haverá quinze nuvens escuras no céu.
    • incorreto: Haviam três ratos na cozinha.
    • correto: Havia três ratos na cozinha.
    • incorreto: Haviam quatro nuvens escuras no céu.
    • correto: Havia quatro nuvens escuras no céu.
    • incorreto: Haverão cinco ratos na cozinha.
    • correto: Haverá cinco ratos na cozinha.
    • incorreto: Haverão quinze nuvens escuras no céu.
    • correto: Haverá quinze nuvens escuras no céu.
Estatísticas:
  • | VP: 4
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:120 Verbo haver verbo auxiliar + haver no sentido de existir "Haver" (existir), precedido de verbo aux., é usado na 3a. do singular.
Mensagem longa:Verbo auxiliar + "haver" no sentido de existir é impessoal. Permanece sempre na terceira pessoa do singular.
Exemplos:
    • incorreto: Devem haver oito ratos na cozinha.
    • correto: Deve haver oito ratos na cozinha.
    • incorreto: Podem haver doze nuvens escuras no céu.
    • correto: Pode haver doze nuvens escuras no céu.
    • incorreto: Devem haver oito ratos na cozinha.
    • correto: Deve haver oito ratos na cozinha.
    • incorreto: Podem haver doze nuvens escuras no céu.
    • correto: Pode haver doze nuvens escuras no céu.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:121 Gerundismo Gerundismo Verifique o excesso de verbos em sequência.
Mensagem longa:Verifique o excesso de verbos em sequência.
Exemplos:
    • incorreto: Nós poderemos estar agendando a visita para amanhã.
    • correto: Nós poderemos agendar a visita para amanhã.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:122 Uso do verbo haver Redundância semântica "Atrás" é redundante, devido ao uso do verbo "haver".
Mensagem longa:O verbo "haver" já indica uma ocorrência no passado, portanto a palavra "atrás" é redundante.
Exemplos:
    • incorreto: A última vez que te vi foi há dois anos atrás.
    • correto: A última vez que te vi foi há dois anos.
    • incorreto: Eu nasci há 10000 anos atrás.
    • correto: Eu nasci há 10000 anos.
    • incorreto: A última vez que te vi foi há dois anos atrás.
    • correto: A última vez que te vi foi há dois anos.
    • incorreto: Eu nasci há 10000 anos atrás.
    • correto: Eu nasci há 10000 anos.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:123 Expressões redundantes Redundância semântica Expressões redundante. Suprima "junto" ou "juntos".
Mensagem longa:"Conviver junto" ou "conviver juntos" são expressões redundantes. Suprima a palavra "junto" ou "juntos".
Exemplos:
    • incorreto: Não convivemos juntos porque não nos damos muito bem.
    • correto: Não convivemos porque não nos damos muito bem.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:124 Concordância do sujeito com o adjetivo predicativo pronome + verbo de ligação + adjetivo predicativo O adjetivo na função de predicativo concorda com o sujeito.
Mensagem longa:O adjetivo na função de predicativo concorda em gênero (masculino ou feminino) e número (singular ou plural) com o sujeito.
Exemplos:
    • incorreto: Eles são legal.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós somos verde.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas eram vermelha.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas eram bela.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele é legais.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu sou verdes.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca era vermelhas.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela era belas mulheres.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles são vermelha.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas eram vermelho.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele é vermelhas.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca é vermelhos.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: Eles são legal.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós somos verde.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas eram vermelha.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas eram bela.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele é legais.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu sou verdes.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca era vermelhas.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela era belas mulheres.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles são vermelha.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas eram vermelho.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele é vermelhas.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca é vermelhos.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: Eles são legal.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós somos verde.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas eram vermelha.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas eram bela.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele é legais.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu sou verdes.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca era vermelhas.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela era belas mulheres.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles são vermelha.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas eram vermelho.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele é vermelhas.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca é vermelhos.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: Eles são legal.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós somos verde.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas eram vermelha.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas eram bela.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele é legais.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu sou verdes.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca era vermelhas.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela era belas mulheres.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles são vermelha.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas eram vermelho.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele é vermelhas.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca é vermelhos.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: Eles são legal.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós somos verde.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas eram vermelha.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas eram bela.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele é legais.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu sou verdes.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca era vermelhas.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela era belas mulheres.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles são vermelha.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas eram vermelho.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele é vermelhas.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca é vermelhos.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: Eles são legal.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós somos verde.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas eram vermelha.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas eram bela.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele é legais.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu sou verdes.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca era vermelhas.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela era belas mulheres.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles são vermelha.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas eram vermelho.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele é vermelhas.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca é vermelhos.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: Eles são legal.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós somos verde.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas eram vermelha.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas eram bela.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele é legais.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu sou verdes.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca era vermelhas.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela era belas mulheres.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles são vermelha.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas eram vermelho.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele é vermelhas.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca é vermelhos.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: Eles são legal.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós somos verde.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas eram vermelha.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas eram bela.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele é legais.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu sou verdes.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca era vermelhas.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela era belas mulheres.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles são vermelha.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas eram vermelho.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele é vermelhas.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca é vermelhos.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: Eles são legal.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós somos verde.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas eram vermelha.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas eram bela.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele é legais.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu sou verdes.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca era vermelhas.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela era belas mulheres.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles são vermelha.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas eram vermelho.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele é vermelhas.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca é vermelhos.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: Eles são legal.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós somos verde.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas eram vermelha.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas eram bela.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele é legais.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu sou verdes.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca era vermelhas.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela era belas mulheres.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles são vermelha.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas eram vermelho.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele é vermelhas.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca é vermelhos.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: Eles são legal.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós somos verde.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas eram vermelha.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas eram bela.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele é legais.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu sou verdes.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca era vermelhas.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela era belas mulheres.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles são vermelha.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas eram vermelho.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele é vermelhas.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca é vermelhos.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: Eles são legal.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós somos verde.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas eram vermelha.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas eram bela.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele é legais.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu sou verdes.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca era vermelhas.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela era belas mulheres.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles são vermelha.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas eram vermelho.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele é vermelhas.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca é vermelhos.
    • correto: A boneca é vermelha.
Estatísticas:
  • | VP: 11
  • | FP: 0
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 0.9166666666666666
  • | Medida F: 0.9565217391304348 |
xml:125 Concordância do sujeito com o verbo do predicado núcleo do sujeito + verbo O sujeito concorda em número com o predicado.
Mensagem longa:O sujeito concorda em número (singular ou plural) com o predicado.
Exemplos:
    • incorreto: Nós vai para lá.
    • correto: Nós vamos para lá.
Estatísticas:
  • | VP: 0
  • | FP: 1
  • | FN: 1 |
  • | Precisão: 0.0
  • | Cobertura: 0.0
  • | Medida F: 0.0 |
xml:126 Crase à + pronomes de tratamento Pronomes de tratamento não admitem artigo, logo não há crase aqui.
Mensagem longa:Pronomes de tratamento não admitem artigo, portanto não haverá crase antes deles. A única exceção é o pronome "senhora", que admite artigo e, se houver também preposição, haverá crase.
Exemplos:
    • incorreto: Enviei os documentos à Vossa Excelência.
    • correto: Enviei os documentos a Vossa Excelência.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
xml:127 Concordância do sujeito com o predicativo pronome + verbo de ligação + predicativo O adjetivo na função de predicativo concorda com o sujeito.
Mensagem longa:O predicativo concorda em gênero (masculino ou feminino) e número (singular ou plural) com o sujeito.
Exemplos:
    • incorreto: Sangue e vida é os preços.
    • correto: Sangue e vida é o preço.
    • incorreto: Sangue são o preço.
    • correto: Sangue e vida são o preço.
    • incorreto: Sangue e vida é os preços.
    • correto: Sangue e vida é o preço.
    • incorreto: Sangue são o preço.
    • correto: Sangue e vida são o preço.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 2
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 0.5
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 0.6666666666666666 |
xml:128 Concordância do sujeito com o adjetivo predicativo pronome + verbo de ligação + adjetivo predicativo O adjetivo na função de predicativo concorda com o verbo.
Mensagem longa:O adjetivo na função de predicativo concorda em número (singular ou plural) com o verbo.
Exemplos:
    • incorreto: Eles é legais.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós sou verdes.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas era belas.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele são legal.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu somos verde.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca eram vermelha.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela eram bela mulher.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles é vermelhos.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele são vermelho.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca são vermelha.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: O pão e a mantega é saborosos.
    • correto: O pão e a mantega são saborosos.
    • incorreto: Eles é legais.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós sou verdes.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas era belas.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele são legal.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu somos verde.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca eram vermelha.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela eram bela mulher.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles é vermelhos.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele são vermelho.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca são vermelha.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: O pão e a mantega é saborosos.
    • correto: O pão e a mantega são saborosos.
    • incorreto: Eles é legais.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós sou verdes.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas era belas.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele são legal.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu somos verde.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca eram vermelha.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela eram bela mulher.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles é vermelhos.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele são vermelho.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca são vermelha.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: O pão e a mantega é saborosos.
    • correto: O pão e a mantega são saborosos.
    • incorreto: Eles é legais.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós sou verdes.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas era belas.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele são legal.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu somos verde.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca eram vermelha.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela eram bela mulher.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles é vermelhos.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele são vermelho.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca são vermelha.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: O pão e a mantega é saborosos.
    • correto: O pão e a mantega são saborosos.
    • incorreto: Eles é legais.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós sou verdes.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas era belas.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele são legal.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu somos verde.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca eram vermelha.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela eram bela mulher.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles é vermelhos.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele são vermelho.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca são vermelha.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: O pão e a mantega é saborosos.
    • correto: O pão e a mantega são saborosos.
    • incorreto: Eles é legais.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós sou verdes.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas era belas.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele são legal.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu somos verde.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca eram vermelha.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela eram bela mulher.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles é vermelhos.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele são vermelho.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca são vermelha.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: O pão e a mantega é saborosos.
    • correto: O pão e a mantega são saborosos.
    • incorreto: Eles é legais.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós sou verdes.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas era belas.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele são legal.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu somos verde.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca eram vermelha.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela eram bela mulher.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles é vermelhos.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele são vermelho.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca são vermelha.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: O pão e a mantega é saborosos.
    • correto: O pão e a mantega são saborosos.
    • incorreto: Eles é legais.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós sou verdes.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas era belas.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele são legal.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu somos verde.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca eram vermelha.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela eram bela mulher.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles é vermelhos.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele são vermelho.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca são vermelha.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: O pão e a mantega é saborosos.
    • correto: O pão e a mantega são saborosos.
    • incorreto: Eles é legais.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós sou verdes.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas era belas.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele são legal.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu somos verde.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca eram vermelha.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela eram bela mulher.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles é vermelhos.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele são vermelho.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca são vermelha.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: O pão e a mantega é saborosos.
    • correto: O pão e a mantega são saborosos.
    • incorreto: Eles é legais.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós sou verdes.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas era belas.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele são legal.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu somos verde.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca eram vermelha.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela eram bela mulher.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles é vermelhos.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele são vermelho.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca são vermelha.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: O pão e a mantega é saborosos.
    • correto: O pão e a mantega são saborosos.
    • incorreto: Eles é legais.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós sou verdes.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas era belas.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele são legal.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu somos verde.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca eram vermelha.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela eram bela mulher.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles é vermelhos.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele são vermelho.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca são vermelha.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: O pão e a mantega é saborosos.
    • correto: O pão e a mantega são saborosos.
    • incorreto: Eles é legais.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós sou verdes.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas era belas.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele são legal.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu somos verde.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca eram vermelha.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela eram bela mulher.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles é vermelhos.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele são vermelho.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca são vermelha.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: O pão e a mantega é saborosos.
    • correto: O pão e a mantega são saborosos.
    • incorreto: Eles é legais.
    • correto: Eles são legais.
    • incorreto: Nós sou verdes.
    • correto: Nós somos verdes.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Elas era belas.
    • correto: Elas eram belas.
    • incorreto: Ele são legal.
    • correto: Ele é legal.
    • incorreto: Eu somos verde.
    • correto: Eu sou verde.
    • incorreto: A boneca eram vermelha.
    • correto: A boneca era vermelha.
    • incorreto: Ela eram bela mulher.
    • correto: Ela era bela mulher.
    • incorreto: Eles é vermelhos.
    • correto: Eles são vermelhos.
    • incorreto: As bonecas era vermelhas.
    • correto: As bonecas eram vermelhas.
    • incorreto: Ele são vermelho.
    • correto: Ele é vermelho.
    • incorreto: A boneca são vermelha.
    • correto: A boneca é vermelha.
    • incorreto: O pão e a mantega é saborosos.
    • correto: O pão e a mantega são saborosos.
Estatísticas:
  • | VP: 10
  • | FP: 2
  • | FN: 3 |
  • | Precisão: 0.8333333333333334
  • | Cobertura: 0.7692307692307693
  • | Medida F: 0.8 |
xml:129 Concordância sujeito-verbo sujeito + verbo + . Verificou-se erro de concordância entre o sujeito e o verbo.
Mensagem longa:Verificou-se erro de concordância entre o sujeito e o verbo.
Exemplos:
    • incorreto: Nós foi
    • correto: Nós fomos
    • incorreto: Nós não foi.
    • correto: Nós não fomos.
    • incorreto: Nós foi
    • correto: Nós fomos
    • incorreto: Nós não foi.
    • correto: Nós não fomos.
Estatísticas:
  • | VP: 2
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
government:government Erros sintáticos Regência verbal Regência verbal.
Mensagem longa:Problema com a regência verbal
Exemplos:
    • incorreto: Ele assiste o filme.
    • correto: Ele assiste ao filme.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
probs:paronyms Enganos ortográficos Ortografia Possível confusão entre %s e %s.
Mensagem longa:Se a classe de %s for %s, use %s.
Exemplos:
    • incorreto: Eu tenho uma duvida.
    • correto: Eu tenho uma dúvida.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
punctuation:before sentences Erros mecânicos Pontuação Pontuação no início da frase.
Mensagem longa:Pontuação no início da frase. A frase não deve começar com um sinal de pontuação.
Exemplos:
    • incorreto: !Este programa é bom.
    • correto: Este programa é bom.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
punctuation:extra punctuation Erros mecânicos Pontuação Excesso de sinais de pontuação.
Mensagem longa:Excesso de sinais de pontuação. A repetição dos sinais de pontuação deve ser evitada.
Exemplos:
    • incorreto: Este programa é bom!!
    • correto: Este programa é bom!
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
repetition:duplicated token Erros mecânicos Repetição de palavras Repetição de palavras.
Mensagem longa:Verifique a repetição de palavras.
Exemplos:
    • incorreto: Ele ele foi ao mercado.
    • correto: Ele foi ao mercado.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
space:extra after left punct Erros mecânicos Uso do espaço Excesso de espaço depois de símbolo.
Mensagem longa:Excesso de espaço depois de símbolo. O símbolo deve ser mantido junto à palavra que o sucede.
Exemplos:
    • incorreto: Este programa é ( era) bom.
    • correto: Este programa é (era) bom.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
space:extra before right punct Erros mecânicos Uso do espaço Excesso de espaço antes de símbolo.
Mensagem longa:Excesso de espaço antes de símbolo. O símbolo deve ser mantido junto à palavra que o precede.
Exemplos:
    • incorreto: Este programa é bom .
    • correto: Este programa é bom.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
space:extra between words Erros mecânicos Uso do espaço Excesso de espaços entre as palavras.
Mensagem longa:Excesso de espaços entre as palavras. Entre palavras deve haver apenas um espaço.
Exemplos:
    • incorreto: Este programa é bom.
    • correto: Este programa é bom.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |
space:missing space after punct Erros mecânicos Uso do espaço Falta espaço entre símbolo e palavra à direita.
Mensagem longa:Falta espaço entre símbolo e palavra à direita. Deve haver um espaço entre o símbolo e a palavra que o sucede.
Exemplos:
    • incorreto: Este programa é era bom.Mas agora é melhor.
    • correto: Este programa é era bom. Mas agora é melhor.
Estatísticas:
  • | VP: 1
  • | FP: 0
  • | FN: 0 |
  • | Precisão: 1.0
  • | Cobertura: 1.0
  • | Medida F: 1.0 |